Mello e Saretta buscam 2.ª vitória em SP

Dois dos principais favoritos ao título do Aberto de São Paulo - Cobra Classic -, os brasileiros Ricardo Mello e Flávio Saretta estarão em ação nas quadras do Parque Villa Lobos nesta quinta-feira em busca de vagas nas quartas-de-final do torneio. Mello desafia o argentino Christian Villagran, um tenista de 22 anos e bom devolvedor de bolas, enquanto Saretta pega o arrojado alemão Sebastian Fitz, que não hesita em arriscar um golpe mais violento e difícil. Saretta está em busca do tricampeonato do Aberto de São Paulo, depois de ter vencido este torneio em anos ímpares - 2001 e 2003 - espera repetir a dose agora em 2005. Nesta quarta-feira, Saretta fez uma estréia arrasadora, ao vencer Bruno Soares por 6/1 e 6/4, e acredita que pode melhorar ainda mais. "Senti bem a bola, apesar de ser a primeira partida do ano", disse Saretta. "No primeiro set, o Bruno (Soares) não jogou bem, e aproveitei para me soltar. O importante é que comecei o ano com vitória". Para Ricardo Mello a estréia do Aberto de São Paulo foi bem mais perigosa. Afinal, na segunda-feira, precisou salvar dois match points diante de Júlio Silva. Realmente não estive bem, mas a tendência é melhorar com a sequência de jogos. "Treinei bem nestes últimos dois dias, pois senti que na primeira rodada os meus golpes não sairam com a eficiência necessária", disse Mello, que enfrenta pela primeira vez na carreira, o argentino Villagran. Em outros jogos do dia no Villa Lobos, Chico Costa perdeu para o peruano Ivan Miranda por 6/2, 2/1 e desistência, e Giovanni Lapenti superou o brasileiro Felipe Lemos por 6/4 e 6/3. Se o tempo deixar, a rodada desta quinta-feira terá oito partidas, com duelos que prometem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.