Mello e Zampieri avançam no Challenger de Bogotá

O Brasil estreou com vitórias nesta segunda-feira pelo Challenger de Bogotá, na Colômbia. No torneio disputado em quadras de saibro e que vale como primeira etapa da Copa Petrobras, Ricardo Mello e Caio Zampieri conseguiram a vaga nas oitavas de final. Mello foi o que teve mais facilidade, ao superar o canadense Peter Polansky por 2 sets 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4, em 1h22 de jogo.

AE, Agencia Estado

21 de setembro de 2009 | 18h54

"Comecei bem, quebrando o serviço dele logo de cara, mas depois ele devolveu a quebra. Foi um primeiro set bem parelho. Felizmente fui mais sólido no tie-break e isso me facilitou. No set seguinte, consegui uma quebra no 3 a 3 e acho que foi crucial para fechar o jogo em dois sets", disse Mello. "Também saquei muito bem, o que me ajudou muito e me facilitou a vida nos momentos importantes."

Nas oitavas, Mello encara o argentino Sergio Roitman, que precisou da virada para eliminar o compatriota Martin Alund por 2 sets 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/1. Para o confronto, o número 5 do Brasil espera um jogo diferente dos que já fez contra o argentino. "Já joguei contra o Roitman várias vezes, mas há muito tempo e em condições diferentes, nunca na altitude", explicou Mello.

Caio Zampieri, por sua vez, não começou bem diante do francês Vincent Millot, mas foi buscar a virada por 2 a 1, com parciais de 5/7, 6/3 e 6/2. Assim, Zampieri pode protagonizar um confronto brasileiro nas oitavas. Isso porque ele enfrentará o vencedor da partida entre o seu compatriota Franco Ferreiro e o colombiano Santiago Giraldo, que se enfrentam nesta terça-feira.

Após o torneio em Bogotá, a Copa Petrobras ainda terá mais cinco etapas, com challengers na Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile e Brasil. A última competição será realizada em São Paulo, entre os dias 24 de outubro e 1.º de novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.