Melo é eliminado nas duplas e Berdych vai à final de simples em Montecarlo

O brasileiro Marcelo Melo foi eliminado nas semifinais de duplas do Masters 1000 de Montecarlo, disputado em quadras de saibro. Neste sábado, ele e o croata Ivan Dodig pararam mais uma vez nos italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini, que triunfaram por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 6/3, em 1 hora e 17 minutos.

Estadão Conteúdo

18 de abril de 2015 | 09h57

A derrota deste sábado repetiu o resultado do confronto anterior entre as duplas, nas semifinais do Masters 1000 de Indian Wells, quando Bolelli e Fognini triunfaram. E o resultado impediu que Melo e Dodig repetissem a campanha do ano passado em Montecarlo, quando foram vice-campeões.

No primeiro set, Bolelli e Fognini conseguiram uma quebra de serviço no quinto game, mas desperdiçaram a chance de fechar a parcial no décimo, quando Melo e Dodig devolveram a quebra. Porém, os atuais campeões do Aberto da Austrália triunfaram no tie-break e fizeram 1 a 0 na partida.

O segundo set teve apenas uma quebra de serviço, no oitavo game, favorável a Bolelli e Fognini. Em seguida, os italianos confirmaram o saque e fecharam a parcial em 6/3 e o jogo em 2 a 0, garantindo presença na final de duplas do Masters 1000 de Montecarlo.

BERDYCH - Quem também se classificou para a decisão do torneio monegasco, mas de simples foi o checo Tomas Berdych. Na primeira semifinal deste sábado, o número 8 do mundo avançou ao derrotar o francês Gael Monfils, 18º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, em 1 hora e 8 minutos.

O triunfo deste sábado foi o sexto de Berdych em sete confrontos com Monfils, sendo o terceiro em 2015 - nesta temporada, eles já haviam se enfrentado no Torneio de Roterdã e no Masters 1000 de Miami. Agora o checo terá pela frente o vencedor do duelo entre o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic.

Após cada tenista vencer um game na partida, Berdych triunfou em seis seguidos. Desse modo, despachou Monfils no primeiro set com extrema facilidade, por 6/1, com quebras de serviço no quarto e sexto games, e ainda começou a segunda parcial com mais um break point convertido.

Monfils ainda esboçou uma reação ao devolver a quebra no game seguinte, mas perdeu seu saque na sequência. Assim, sempre à frente do placar, Berdych fechou a parcial em 6/4, se classificando para a decisão do Masters 1000 de Montecarlo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.