Glyn Kirk/ AFP
Glyn Kirk/ AFP

Melo e Kubot sofrem contra azarões chineses, mas vencem na 1ª rodada em Pequim

No Japão, Bruno Soares e Jamie Murray triunfam com facilidade sobre indiano e neozelandês

Estadão Conteúdo

01 Outubro 2018 | 11h26

O brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot sofreram mais do que imaginavam para confirmar favoritismo nesta segunda-feira, mas venceram os azarões chineses Mao-Xin Gong e Ze Zhang por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 10/7, no jogo de estreia pelo torneio de duplas do ATP 500 de Pequim.

Cabeças de chave número 2 da competição realizada em quadras duras na China, Melo e Kubot chegaram a ser surpreendidos na segunda parcial do confronto, mas depois conseguiram liquidaram os tenistas da casa, que entraram na competição como uma parceria convidada pela organização.

O triunfo foi assegurado após 1h25min de duelo, sendo que o brasileiro e o polonês chegaram a dar a impressão de que ganhariam a partida com facilidade ao fecharem o primeiro set sem oferecer nenhuma chance de quebra de saque aos jogadores da casa e ao converterem um dos cinco break points cedidos pelos adversários para fazer 6/4.

Na segunda parcial, porém, Gong e Zhang surpreenderam ao conseguirem conquistar duas quebras de saque, contra apenas uma de Melo e Kubot, e devolveram o 6/4 para empatar o duelo. Assim, o confronto foi para o match tie-break, no qual os favoritos foram superiores para fechar a partida com uma vitória por 10/7.

Com o triunfo suado, eles avançaram às quartas de final e se credenciaram para encarar os ganhadores do embate entre a dupla do indiano Rohan Bopanna e o francês Edouard Roger-Vasselin e parceria formada pelo britânico Kyle Edmund e o húngaro Marton Fucsovics. Este jogo está programado para ocorrer na terça-feira.

SIMPLES

Seis jogos da chave de simples do Torneio de Pequim também foram realizados nesta segunda-feira. Em um deles, Kyle Edmund confirmou a sua condição de quinto cabeça de chave ao derrotar na estreia o alemão Peter Gojowczyk por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/1 e 6/2.

Já o russo Karen Khachanov superou o norte-americano Sam Querrey por duplo 6/4 e avançou para encarar nas oitavas de final o ganhador da partida entre o argentino Juan Martín del Potro, cabeça de chave número 1, e o espanhol Albert Ramos-Viñolas, agendada apenas para esta terça.

O tunisiano Malek Jaziri, por sua vez, bateu o chinês Yibing Wu por 6/4 e 6/3 e se credenciou para ser o rival do vencedor do confronto entre o alemão Alexander Zverev, segundo cabeça de chave, e o espanhol Roberto Bautista Agut, também programado para terça-feira.

E o único a ser eliminado como favorito neste primeiro dia de disputas em Pequim foi o croata Borna Coric. Sétimo pré-classificado, ele foi superado pelo espanhol Feliciano López por 2 sets a 1, com 7/5, 5/7 e 7/5. O húngaro Marton Fucsovics e o sérvio Dusan Lajovic, que passaram respectivamente pelo italiano Andreas Seppi e o canadense Vasek Pospisil, foram os outros dois tenistas que estrearam com vitórias nesta segunda.

SOARES E MURRAY AVANÇAM NO JAPÃO

Sem maiores dificuldades, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray confirmaram favoritismo nesta segunda-feira na estreia no torneio de duplas do ATP 500 de Tóquio. A parceria superou o indiano Divij Sharan e o neozelandês Artem Sitak por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, e se garantiu nas quartas de final no Japão.

Cabeças de chave número 2 da competição realizada em quadras duras, Soares e Murray liquidaram a partida em 1h08min e assim se credenciaram para enfrentar na próxima fase os ganhadores do duelo entre a dupla japonesa formada Yoshihito Nishioka e Kaito Uesugi e o time do britânico Joe Salisbury com Yasutaka Uchiyama, outro tenista da casa.

No duelo desta segunda, o brasileiro e o escocês foram dominantes no primeiro set, no qual confirmaram todos os seus saques sem oferecer chances de quebra e converteram um de três break points para aplicar a vantagem inicial de 6/3.

Na segunda parcial, Soares e Murray foram superados por uma vez com o saque na mão, mas aproveitaram duas de seis oportunidades de ganhar games no serviço dos adversários para fazer 7/5 e fechar o confronto.

No torneio de simples na capital japonesa, Milos Raonic e Kei Nishikori confirmaram o favoritismo e venceram em suas estreias.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.