Divulgação
Divulgação

Melo e Sá triunfam e travarão duelo brasileiro na semifinal de duplas na Holanda

Tenistas se enfrentam no Torneio de Hertogenbosh, ATP 250

Estadão Conteúdo

15 de junho de 2017 | 17h34

Atuando ao lado de seus respectivos parceiros, Marcelo Melo e André Sá venceram os jogos que disputaram nesta quinta-feira e assim se credenciaram para travar um duelo brasileiro nas semifinais do Torneio de Hertogenbosch, ATP 250 holandês realizado em quadras de grama que serve de preparação para o Grand Slam de Wimbledon.

Cabeça de chave número 1 da competição ao lado de Lukasz Kubot, Melo avançou junto com o polonês em um confronto no qual os dois tenistas bateram com facilidade o mexicano Santiago González e o canadense Adil Shamasdin por 2 sets a 0, com duplo 6/2.

Já André Sá se garantiu na semifinal ao lado do neozelandês Michael Venus desbancando o favoritismo da parceria romena formada por Jean-Julien Rojer e Horia Tecau, cabeças de chave número 3, derrotados de virada com parciais de 3/6, 6/3 e 10/8.

Ex-líder e atual quarto colocado do ranking de duplistas, Melo lutará para avançar à 45ª final de sua carreira, enquanto Sá, veterano de 40 anos de idade, buscará conquistar vaga em sua 30ª decisão na elite da ATP. E quem levar a melhor nesta semifinal com dois tenistas brasileiros terá pela frente na final os ganhadores do confronto da dupla australiana John Peers/Jordan Thompson contra a formada pelo sul-africano Raven Klaasen e o norte-americano Rajeev Ram.

DEMOLINER CAI

Outro tenista brasileiro que esteve em ação nesta quinta-feira neste início de temporada de grama do circuito profissional foi Marcelo Demoliner. Entretanto, ele teve destino diferente dos seus compatriotas Melo e Sá ao ser derrotado nas quartas de final de duplas do Torneio de Stuttgart, outro ATP 250 que serve de preparação para Wimbledon.

Atuando ao lado do neozelandês Marcus Daniell na competição alemã, Demoliner acabou sendo batido de virada pela lendária dupla formada pelos irmãos norte-americanos Mike e Bob Bryan, que venceram por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/3 e 10/6, em confronto válido pelas quartas de final.

Desta forma, o único brasileiro que segue vivo no torneio de duplas de Stuttgart é Bruno Soares, que divide com o britânico Jamie Murray a condição de segundo cabeça de chave. Já classificados para as semifinais, eles tentarão avançar à decisão nesta sexta-feira em duelo contra o polonês Marcin Matkowski e o bielo-russo Max Mirnyi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.