Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Melo estreia com vitória em Auckland; Feijão cai no qualifying de Sydney

Ao lado de bielorrusso, tenista vence por 2 sets a 1 e pode enfrentar irmãos Bryan na 2ª fase; João Souza perde para holandês

Estadão Conteúdo

12 de janeiro de 2015 | 11h04

O brasileiro Marcelo Melo estreou com vitória na chave de duplas do Torneio de Auckland, nesta segunda-feira, na Nova Zelândia. Atuando ao lado do bielo-russo Max Mirnyi, ele venceu os locais Finn Tearney e Wesley Withehouse, parceria convidada da casa, por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (2/7), 7/5 e 10/7.

Com o triunfo obtido no ATP 250 preparatório para o Aberto da Austrália, Melo e Mirnyi se credenciaram para enfrentar na segunda rodada os vencedores da partida entre a dupla formada pelos irmãos norte-americanos Mike e Bob Bryan, líderes do ranking mundial, e a parceria firmada entre o alemão Andre Begemann e do holandês Robin Haase.

Nesta segunda, Melo e Mirnyi precisaram jogar uma hora e 30 minutos para despachar Tearney e Withehouse, que chegaram a surpreender no primeiro set com uma vitória no tie-break. Já na segunda parcial, a dupla local ainda conseguiu uma quebra de saque, mas o brasileiro e o bielo-russo converteram dois break points e aplicaram 7/5 para empatar o duelo.

No match tie-break, por sua vez, Melo e Mirnyi fizeram valer a maior experiência no circuito profissional e liquidaram os rivais com a vantagem de 10/7.

Já a chave de simples de Auckland contou com apenas três jogos nesta segunda-feira. Em um deles, o norte-americano Steve Johnson, oitavo cabeça de chave, estreou com vitória sobre o português João Sousa com parciais de 7/5 e 6/4. Já o francês Adrian Mannarino arrasou o argentino Federico Delbonis por duplo 6/1, enquanto o alemão Jan-Lennard Struff passou pelo austríaco Dominic Thiem, de virada, com 6/7 (6/8), 6/4 e 6/3.

SYDNEY

Se Marcelo Melo começou bem a sua campanha em Auckland, o brasileiro João Souza, o Feijão, acabou eliminado nesta segunda-feira na rodada final do qualifying para a chave principal do Torneio de Sydney. Feijão foi superado pelo holandês Igor Sijsling, que venceu de virada, com parciais de 4/6, 7/6 (8/6) e 6/4.

Com a derrota, o atual tenista número 2 do Brasil e 115º do mundo não conseguiu ganhar o embalo que gostaria antes de disputar o Aberto da Austrália, Grand Slam que começa na próxima segunda-feira.

A chave principal de simples de Sydney contou com apenas três jogos nesta segunda. Em dois deles, o argentino Leonardo Mayer e o uruguaio Pablo Cuevas confirmaram as respectivas condições de quinto e sexto cabeças de chave. Mayer passou pelo alemão Benjamin Becker por 7/6 (7/3) e 6/2, enquanto Cuevas superou o espanhol Nicolas Almagro por 7/6 (7/5) e 6/4. Já o italiano Simone Bolelli derrotou o australiano Marinko Matosevic por 6/3 e 6/2 e pegará o belga David Goffin, segundo cabeça de chave, na segunda rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMarcelo MeloJoão SouzaFeijão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.