Andrew Couldridge/Reuters
Andrew Couldridge/Reuters

Melo joga junto com Murray, mas perde de colombianos na estreia em Eastbourne

Ao lado de britânico, brasileiro é derrotado por Robert Farah e Juan Sebastian Cabal

Redação, Estadão Conteúdo

25 de junho de 2019 | 17h19

Junto com o polonês Lukasz Kubot, Marcelo Melo forma uma das melhores duplas da atualidade. Nesta semana, a última de preparação para Wimbledon, o terceiro Grand Slam da temporada, o tenista brasileiro aceitou o desafio de jogar com o britânico Andy Murray, ex-número 1 do mundo em simples que está voltando às quadras após se recuperar de uma cirurgia no quadril feita há cinco meses. Mas, nesta terça-feira, os dois caíram logo na estreia do ATP 250 de Eastbourne, na Inglaterra. Os algozes foram os colombianos Robert Farah e Juan Sebastian Cabal, que venceram por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 6/4.

Com seu habitual parceiro, Melo perdeu no último domingo a final do ATP 500 de Halle, na Alemanha. No mesmo dia, Murray foi campeão da chave de duplas do ATP 500 de Queen´s, em Londres, com o espanhol Feliciano López. Assim, os dois só tiveram a segunda-feira para se adaptarem e esse tempo não foi suficiente para derrotar Farah e Cabal, que agora enfrentarão os britânicos Daniel Evans e Lloyd Glasspool.

A partir de segunda-feira, em Wimbledon, Melo retoma a parceria com Kubot, que já dura dois anos e meio. No Grand Slam londrino, os dois já foram campeões em 2017. Já Murray, que ainda tenta recuperar seu melhor nível, fará dupla com o francês Pierre-Hugues Herbert.

Na chave de simples em Eastbourne, Herbert fez a sua estreia nesta terça-feira e avançou ao ganhar de virada do norte-americano Denis Kudla por 2 sets a 1 - parciais de 5/7, 7/6 (10/8) e 6/4. Agora vai jogar, pelas oitavas de final, contra o britânico Daniel Evans, que bateu o romeno Radu Albot por 7/6 (7/2) e 6/2.

Sexto cabeça de chave, o francês Gilles Simon se classificou às oitavas de final com facilidade. Bateu o norte-americano Tennys Sandgren por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1, e vai enfrentar o chileno Nicolas Jarry, que venceu o duelo sul-americano contra o uruguaio Pablo Cuevas por 6/1 e 7/6 (7/4).

NA TURQUIA

Na defesa pelo título conquistado em 2018, o bósnio Damir Dzumhur venceu mais uma vez nesta terça-feira no ATP 250 de Antalya. Depois de superar a estreia contra o australiano Matthew Ebden, ganhou do convidado da casa Altug Celikbilek por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3. Pelas quartas de final, terá pela frente o também australiano Jordan Thompson, que superou o norte-americano Bradley Klahn por 7/6 (7/3) e 6/3.

Cabeça de chave número 2, o francês Adrian Mannarino abriu sua campanha nesta terça-feira e avançou às quartas de final ao superar de virada o espanhol Roberto Carballes Baena por 2 sets a 1 - parciais de 3/6, 6/1 e 7/5. O próximo rival será o italiano Lorenzo Sonego, responsável pela eliminação do indiano Prajnesh Gunneswaran.

Tudo o que sabemos sobre:
Marcelo MeloAndy Murraytênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.