Melo vence primeiro jogo como número 1 e deixa Soares fora do ATP Finals

Agora formalmente o número 1 do mundo no ranking de duplas da ATP, o brasileiro Marcelo Melo ampliou a ótima fase que o levou a assumir tal condição ao vencer a sua partida de estreia no Masters 1000 de Paris. Além disso, ele "estragou" a luta do compatriota Bruno Soares em se classificar para o ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores jogadores de simples e as oito melhores parcerias da temporada em Londres.

Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2015 | 11h49

Ao lado do croata Ivan Dodig, Marcelo Melo derrotou Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 10/6, em 1 hora e 26 minutos. Este foi o oitavo duelo entre as parcerias e apenas o terceiro vencido por Melo e Dodig. Porém, este foi o terceiro triunfo consecutivo deles, todos eles em 2015, confirmando o melhor momento de Melo e Dodig.

Soares e Peya até começaram na frente a partida e conseguiram uma quebra de serviço no quarto game, abrindo 3/1. Melo e Dodig, porém, devolveram a quebra na sequência e converteram mais um break point no nono game. Em seguida, fecharam o primeiro set em 6/4.

A segunda parcial teve rumo praticamente inverso, com Melo e Dodig convertendo um break point no quinto game, mas perdendo o saque no sexto. No oitavo game, Soares e Peya obtiveram nova quebra de serviço e confirmaram o serviço na sequência, fazendo 6/3 e forçando a realização do match tie-break.

Após um início equilibrado, Melo e Dodig abriram três pontos de vantagem - 6/3 - e conseguiram vencer por 10/6, avançando às quartas de final do Masters 1000 de Paris. Embalado por três títulos consecutivos que o levou a tirar os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan da liderança do ranking, o brasileiro, ao lado do croata, agora vai buscar uma vaga nas semifinais na França em duelo com o romeno Florin Mergea e o indiano Rohan Bopanna.

Já Soares e Peya, que vinham embalados pelo título do Torneio da Basileia na última semana, fracassaram na tentativa de obter uma vaga no ATP Finals, pois estão em nono lugar no ranking do ano. E mais do que representar o fim da temporada para eles, essa derrota também significa o fim da dupla, pois em 2016 Soares jogará ao lado do britânico Jamie Murray, irmão de Andy Murray.

SIMPLES - O francês Richard Gasquet será o adversário do britânico Andy Murray nas quartas de final da chave de simples em Paris. Nesta quinta, o tenista local e número 9 do mundo liderava o placar por 7/6 (7/3) e 4/1, quando o japonês Kei Nishikori, o nono colocado no ranking, abandonou o jogo após 1 hora e 38 minutos em quadra. A desistência ampliou a vantagem de Gasquet no confronto direto com o tenista asiático para 6 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.