Ali Haider/EFE
Ali Haider/EFE

Mesmo sem ritmo, Novak Djokovic bate canadense na estreia

Sérvio não entrava em quadra desde o Aberto da Austrália, mas não teve dificuldade para vencer Vasek Pospisil por 2 sets a 0, duplo 6/4

Estadão Conteúdo

24 de fevereiro de 2015 | 14h09

Sem disputar uma partida há quase um mês, Novak Djokovic superou a falta de ritmo nesta terça-feira para vencer em sua estreia no Torneio de Dubai, de nível ATP 500, nos Emirados Árabes Unidos. O número 1 do mundo derrotou o canadense Vasek Pospisil por 2 sets a 0, com duplo 6/4, em 1h18min de partida.

Djokovic não entrava em quadra desde que se sagrou campeão do Aberto da Austrália, no dia 1º deste mês. Sem ritmo de jogo, o sérvio teve dificuldade para se impor diante do canadense, 63º do ranking, e só conseguiu faturar a primeira quebra de saque no final do primeiro set.

Na segunda parcial, a ausência das quadras por quase um mês pesou e Djokovic chegou a ter o saque quebrado. Mas não chegou a ter sua vitória ameaçada. Com duas quebras a seu favor, dominou o rival e venceu o segundo set pelo mesmo placar do primeiro: 6/4.

Com uma derrota em dez jogos neste ano, Djokovic vai enfrentar nas oitavas de final o casaque Andrey Golubev, atual 107.º do ranking. Na primeira rodada, Golubev superou o francês Fabrice Martin.

FEDERER

Depois de vencer na estreia na chave de simples, na segunda-feira, o suíço Roger Federer se aventurou nas duplas nesta terça. Mas não teve sucesso. Junto do compatriota Michael Lammer, o número dois do mundo foi superado pelo holandês Jean-Julien Rojer e pelo romeno Horia Tecau por 6/4 e 7/6 (14/12), logo na primeira rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de DubaiDjokovic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.