Dan Peled/EFE
Dan Peled/EFE

Mesmo sem título, Naomi Osaka cresce no ranking e vira a nº 4 do mundo

Não houve alterações entre as três primeiras colocadas da lista da WTA

Redação, Estadão Conteúdo

07 de janeiro de 2019 | 10h26

Mesmo sem conseguir chegar à final do Torneio de Brisbane, no fim de semana, a tenista japonesa Naomi Osaka ganhou uma posição no ranking da WTA, atualizado nesta segunda-feira, e agora figura na quarta colocação. Assim, ela igualou sua melhor posição na lista - ela alcançou este posto pela primeira vez em outubro do ano passado.

Mantendo o ritmo do fim da temporada passada, Osaka foi até a semifinal em Brisbane, na Austrália. Ela era uma das favoritas ao título, mas teve uma fraca atuação naquele duelo e não conseguiu avançar à final. Mesmo assim, desbancou a ucraniana Elina Svitolina no ranking - se tivesse sido campeã, teria subida para o terceiro lugar.

Campeã em Brisbane, a checa Karolina Pliskova superou a compatriota Petra Kvitova (derrotada na 2ª rodada em Brisbane) e assumiu a sétima posição. E já está na cola de Svitolina, que ocupa a sexta posição após cair na estreia em Brisbane. Beneficiada por estas trocas de posições, a norte-americana Sloane Stephens também ganhou um posto e figura no quinto lugar, mesmo também caindo na estreia no torneio australiano.

Não houve alterações entre as três primeiras colocadas. A romena Simona Halep, que estreará em 2019 no Torneio de Sydney nesta semana, segue na primeira colocação. A alemã Angelique Kerber é a segunda colocada e entrou em quadra na semana passada na Copa Hopman. Foi vice-campeão ao lado de Alexander Zverev, ao ser derrotada pela equipe da Suíça. A competição é reconhecida pela Federação Internacional de Tênis, mas não dá pontos nos rankings.

E a dinamarquesa Caroline Wozniacki decepcionou na estreia na temporada, em Auckland, logo em sua segunda partida na competição neozelandesa. Wozniacki segue na terceira colocação, mas está cada vez mais ameaçada por Osaka. O Top 10 tem ainda a holandesa Kiki Bertens, em nono lugar, e a russa Daria Kasatkina, no décimo posto.

Entre as demais campeãs do fim de semana, a bielo-russa Aryna Sabalenka foi quem mais se destacou no ranking ao ganhar duas posições, após faturar o Torneio de Shenzhen, na China. Ela ocupa agora o 11º posto. A alemã Julia Görges, campeã em Brisbane, manteve o 14º lugar.

Entre as brasileiras, Beatriz Haddad Maia subiu sete posições após cair na terceira rodada do qualifying em Auckland. Agora é a 176ª colocada. Ela não foi a única a subir no ranking. Carolina Meligeni Alves, Paula Gonçalves e Luisa Stefani galgaram duas posições cada na atualização desta segunda-feira.

Confira a lista das 20 primeiras colocadas da WTA:

1.º - Simona Halep (ROM), 6.641 pontos

2.º - Angelique Kerber (ALE), 5.875

3.º - Caroline Wozniacki (DIN), 5.436

4.º - Naomi Osaka (JAP), 5.270

5.º - Sloane Stephens (EUA), 5.023

6.º - Elina Svitolina (UCR), 4.940

7.º - Karolina Pliskova (RCH), 4.750

8.º - Petra Kvitova (RCH), 4.630

9.º - Kiki Bertens (HOL), 4.360

10.º - Daria Kasatkina (RUS), 3.415

11.º - Aryna Sabalenka (BIE), 3.365

12.º - Elise Mertens (BEL), 3.165

13.º - Anastasija Sevastova (LET), 3.160

14.º - Julia Görges (ALE), 3.055

15.º - Ashleigh Barty (AUS), 2.985

16.º - Serena Williams (EUA), 2.976

17.º - Madison Keys (EUA), 2.976

18.º - Garbiñe Muguruza (ESP), 2.910

19.º - Caroline Garcia (FRA), 2.660

20.º - Anett Kontaveit (EST), 2.525

176.º - Beatriz Haddad Maia (BRA), 328

359.º - Carolina Alves (BRA), 104

446.º - Paula Cristina Gonçalves (BRA), 60

460.º - Luisa Stefani (BRA), 56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.