Issei Kato/Reuters
Issei Kato/Reuters

Monfils e Hewitt sofrem, mas vencem e avançam em Melbourne

Jovens quase estragam dia dos favoritos, que levam sustos antes de reagirem e confirmar as vitórias nas estreias no Aberto da Austrália

Estadão Conteúdo

20 de janeiro de 2015 | 11h05

Gael Monfils e Lleyton Hewitt sofreram, mas fizeram valer a experiência bem maior que possuem no circuito profissional diante de jovens tenistas e estrearam com vitória no Aberto da Austrália, nesta terça-feira, em Melbourne.

Hoje 19º tenista do mundo, o francês travou uma batalha de cinco sets com o seu compatriota Lucas Pouille, batido de virada, por 6/7 (3/7), 3/6, 6/4, 6/1 e 6/4. Já o ídolo australiano, ex-líder do ranking mundial, levou um susto ao perder um set de forma arrasadora para o chinês Ze Zhang, mas confirmou o seu favoritismo ao vencer por 3 a 1, com parciais de 6/3, 1/6, 6/0 e 6/4.

Monfils, por sua vez, chegou a estar perdendo o quinto set por 3/1 e Pouille ainda sacou para fazer 4/1, mas o ex-Top 10 reagiu para ganhar no sufoco e garantir vaga na segunda rodada do primeiro Grand Slam desta temporada.

Com o triunfo sofrido, Monfils se credenciou para encarar na próxima fase o polonês Jerzy Janowicz, que abriu campanha na chave principal derrotando o japonês Hiroki Moriya por 3 sets a 1, com 7/6 (7/5), 2/6, 6/3 e 7/5.

Já Hewitt terá pela frente na segunda rodada o alemão Benjamin Becker, que na estreia passou pelo francês Julien Benneteau, 25º cabeça de chave, por 3 sets a 1, com 7/5, 5/7, 6/2 e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.