Gonzalo Fuentes / Reuters
Gonzalo Fuentes / Reuters

Monteiro cai em simples, Sá perde nas duplas e Brasil dá adeus a torneio nos EUA

Tenista cearense não resiste ao favoritismo do atual 40º colocado do ranking mundial

Estadao Conteudo

22 de agosto de 2017 | 22h26

O Brasil viu os seus últimos representantes que ainda estavam vivos no Torneio de Winston-Salem serem eliminados com derrotas sofridas na noite desta terça-feira, nos Estados Unidos. Na chave de simples, Thiago Monteiro começou bem a partida contra o italiano Paolo Lorenzi, sétimo pré-classificado do ATP 250 local realizado em quadras duras, ao vencer o primeiro set por 6/2, mas depois foi superado por 6/4 nas duas parciais seguintes para cair de virada no confronto válido pela segunda rodada da competição.

Visando chegar embalado ao US Open, Grand Slam que começa na próxima semana, em Nova York, o tenista cearense havia estreado em Winston-Salem com uma boa vitória sobre o ucraniano Alexandr Dolgopolov, batido por duplo 6/3. Nesta terça, porém, ele não resistiu ao favoritismo do atual 40º colocado do ranking mundial.

Hoje na 114ª posição da ATP, Monteiro sucumbiu depois de 2h24min de equilibrado confronto, no qual cada tenista conquistou três quebras de saque. Apenas uma delas, porém, foi obtida pelo brasileiro nos dois últimos sets, nos quais o italiano conseguiu ser melhor nos momentos decisivos para ir buscar a virada no placar.

Com o triunfo sobre Monteiro, Lorenzi se credenciou para encarar nas oitavas de final de Winston-Salem o norte-americano Taylor Fritz, que em outra partida desta terça superou o japonês Yuichi Sugita com parciais de 6/3 e 6/2.

Em outro embate realizado neste dia de confrontos, o espanhol Roberto Bautista-Agut confirmou a sua condição de principal cabeça de chave ao vencer o sérvio Dusan Lajovic por 2 sets a 0, com 6/4 e 6/3, para também ir às oitavas de final. O seu próximo rival será o cipriota Marcos Baghdatis, que na última segunda-feira se tornou o primeiro tenista a garantir classificação à próxima fase.

Outro tenista de destaque que avançou às oitavas de final nesta terça foi o norte-americano John Isner, terceiro cabeça de chave, que sofreu para passar pelo russo

Andrey Kuznetsov por 2 sets a 1, de virada, com 2/6, 7/6 (7/5) e 6/3. E o rival seguinte de Isner será o croata Borna Coric, que evitou um duelo da casa na próxima fase ao bater Donald Young, também de virada, com 4/6, 6/4 e 6/2.

Já o espanhol Fernando Verdasco, o francês Gilles Simon, o russo Daniil Medvedev e o britânico Aljaz Bedene foram eliminados nesta terça em estreias nas quais não conseguiram justificaram a condição de cabeças de chave em partidas válidas pela segunda rodada.

ANDRÉ SÁ - Único tenista do Brasil na chave de duplas em Winston-Salem, André Sá foi eliminado já na estreia nesta terça-feira. Atuando ao lado do neozelandês Michael Venus, o brasileiro acabou sendo batido por Marcus Daniell, também da Nova Zelândia, e pelo norte-americano Nicholas Monroe por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Antes das derrotas de Sá e Monteiro, Rogério Dutra Silva havia sido o primeiro brasileiro a cair na chave principal de simples desta edição do torneio de preparação ao US Open. Ele caiu diante de Donald Young por 6/4 e 6/2, na última segunda-feira, antes de o norte-americano ser batido por Borna Coric nesta terça.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
TênisThiago MonteiroAndré Sá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.