Matheus Joffre/CBT
Matheus Joffre/CBT

Monteiro e Clezar projetam jogos difíceis contra colombianos na Davis

Série melhor de cinco jogos vale vaga nos playoffs do Grupo Mundial

Estadão Conteúdo

05 de abril de 2018 | 22h18

Os tenistas Thiago Monteiro e Guilherme Clezar apostam em jogos complicados contra os colombianos nesta sexta-feira, no primeiro dia de disputas em Barranquilla, pelo Zonal Americano - a série melhor de cinco jogos vale vaga nos playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis.

+ Monteiro abre confronto da Davis contra Giraldo em Barranquilla

Monteiro será o primeiro brasileiro a entrar em quadra no confronto, na quadra dura do Parque Distrital de Raquetas. Ele enfrentará o tenista mais experiente da Colômbia, Santiago Giraldo. No retrospecto direto entre eles, cada um tem uma vitória - a do brasileiro foi conquistada em piso duro.

"Sem dúvida eu já esperava jogar com o Giraldo, é um cara bem experiente, um dos melhores jogadores que a Colômbia já teve. Então, tenho que estar bem preparado. Acho que estamos bem adaptados às condições, treinando bem. Tem tudo para ser um grande jogo", projetou Monteiro, que tenta se recuperar da atuação irregular no confronto anterior, contra a República Dominicana, em fevereiro.

"Copa Davis é uma competição diferente, onde todos tentam dar o seu melhor, lutar pelo seu país e é isso que eu pretendo fazer em quadra amanhã e jogar com tudo", ressaltou o número 1 do Brasil neste duelo.

Clezar, por sua vez, vai enfrentar o jovem Daniel Elahi Galán, de apenas 21 anos. Eles se enfrentaram apenas uma vez, num torneio de nível challenger, com triunfo do brasileiro, em 2015. "Acho que vai ser um jogo complicado, a gente se conhece bastante, conheço o Galán dos torneios que a gente joga pela América do Sul, é um menino que vem crescendo e espero estar preparado para fazer um bom jogo", avaliou Clezar.

Capitão da equipe brasileira, João Zwetsch se disse surpreso com a escalação colombiana. "A escalação do Galán nos surpreendeu um pouco, os outros dois, o Giraldo e o [Alejandro]Gonzalez, são muito mais experientes. Mas o Galán vem com ótimos resultados no circuito, é um garoto novo, joga um tênis de qualidade", comentou Zwetsch.

Os confrontos nos dois dias terão início às 17 horas (horário de Brasília). No sábado, haverá o jogo de duplas antes dos dois jogos restantes de simples, selando a série.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa Davis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.