Srdjan Suki/EFE
Srdjan Suki/EFE

Monteiro oscila no fim e é eliminado em Roland Garros; Del Potro e Fognini vencem

Tenista brasileiro foi derrotado pelo sérvio Dusan Lajovic na primeira rodada da chave principal

Redação, Estadão Conteúdo

28 de maio de 2019 | 10h22

Após vencer três partidas consecutivas e furar o qualifying, o brasileiro Thiago Monteiro foi eliminado na primeira rodada da chave principal de Roland Garros, nesta terça-feira. O tenista número 1 do Brasil foi derrotado pelo sérvio Dusan Lajovic por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/4, em 2h05min de confronto, em Paris.

Monteiro, atual 112.º do mundo, teve dificuldades para acompanhar o ritmo do rival, 35.º do ranking e 30.º cabeça de chave. Mesmo embalando por bons resultados no quali, o brasileiro só conseguiu equilibrar as ações no set inicial, quando chegou a obter uma quebra de saque sobre o adversário.

Mas não ameaçou o triunfo do sérvio na parcial. O segundo set também foi difícil para o brasileiro, que esboçou reação na última parcial. Sacando para empatar em 5/5 no terceiro set, Monteiro oscilou em seu serviço quando estava em 40/15 e permitiu a virada do rival no game. Após a quebra, viu Lajovic confirmar a vitória logo na sequência.

Com o resultado, o tenista cearense segue sem resultados de maior expressão em Grand Slams. Ele soma por enquanto apenas duas vitórias, ambas obtidas em 2017, e quatro derrotas - levando em conta somente jogos em chave principal.

Na segunda rodada, Lajovic vai enfrentar o local Elliot Benchetrit, que também estreou nesta terça, batendo o britânico Cameron Norrie por 6/3, 6/0 e 6/2.

DEL POTRO VENCE

Dois dos candidatos ao título em Paris, o argentino Juan Martín del Potro e o italiano Fabio Fognini estrearam com vitória no Grand Slam francês, nesta terça. Semifinalista em 2018 e atual número nove do mundo, Del Potro fez um duelo sul-americano com o chileno Nicolas Jarry e chegou a perder um set em seu triunfo por 3 a 1, com parciais de 3/6, 6/2, 6/1 e 6/4.

Na segunda rodada, o tenista da Argentina vai enfrentar o japonês Yoshihito Nishioka, que superou nesta terça o norte-americano Mackenzie McDonald em cinco sets: 6/7 (7/9), 6/0, 4/6, 6/2 e 6/3.

Fabio Fognini, por sua vez, fez um duelo de italianos com Andreas Seppi e levou a melhor em quatro sets. Atual 12º do mundo, ele venceu com parciais de 6/3, 6/0, 3/6 e 6/3. Fognini chegou a Paris no embalo do título conquistado no Masters 1000 de Montecarlo, com direito a vitória sobre o espanhol Rafael Nadal no caminho até o principal troféu de sua carreira.

Seu próximo adversário será o argentino Federico Delbonis. Curiosamente, ambos já foram campeões do Brasil Open, em São Paulo. Delbonis despachou nesta terça o espanhol Guillermo Garcia-López por 6/1, 3/6, 6/3 e 6/2.

Ainda nesta terça-feira, avançaram na chave masculina o norte-americano Taylor Fritz, o sueco Mikael Ymer e o britânico Kyle Edmund.

Dupla cabeça de chave número 1, Marcelo Melo e Lukasz Kubot estrearam com vitória em Roland Garros. Nesta terça-feira, brasileiro e polonês derrotaram os espanhóis Roberto Carballes Baena e Jaume Munar por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/2), em 1h30min de duelo no saibro de Paris.

Melo e Kubot dominaram o primeiro set com facilidade. Faturaram uma quebra de saque e sequer tiveram o saque sob ameaça na parcial. Na segunda, os espanhóis elevaram o nível de jogo e equilibraram o duelo. Chegaram a obter uma quebra, na única chance cedida pela dupla de Melo.

Mas os favoritos mantiveram o domínio, com uma quebra de saque, e decidiram o jogo no tie-break, sem sofrerem maiores ameaças. Com o triunfo, avançaram à segunda rodada, quando vão enfrentar os vencedores do duelo entre a dupla formada pelo esloveno Aljaz Bedene e pelo polonês Hubert Hurkacz e a parceria do holandês Wesley Koolhof com o neozelandês Marcus Daniell.

Mais cedo, o Brasil perdeu dois representantes no Grand Slam francês. Bruno Soares caiu na estreia ao lado do britânico Jamie Murray - foi a última partida da dupla, que será encerrada. E Thiago Monteiro foi eliminado na primeira rodada da chave de simples, após furar o qualifying. Na chave de duplas, o Brasil ainda conta com Marcelo Demoliner, que ainda não estreou.

OUTROS RESULTADOS

Como vem se tornando tradição em Roland Garros, o alemão Alexander Zverev precisou jogar cinco sets para vencer em sua estreia em Paris. Quinto cabeça de chave, ele derrotou o australiano John Millman por 3 sets a 2, com parciais de 7/6 (7/4), 6/3, 2/6, 6/7 (5/7) e 6/3.

No ano passado, dos cinco jogos que fez em Paris, Zverev venceu três em cinco sets. Parou nas quartas de final. Desta vez, tentando ir mais longe, o alemão vai enfrentar o sueco Mikael Ymer, que avançou ao superar o esloveno Blaz Rola.

Em outro resultado desta terça, o espanhol Roberto Bautista-Agut despachou o norte-americano Steve Johnson por 6/3, 6/4 e 6/2. Na segunda rodada, o 18º cabeça de chave vai encarar outro americano, Taylor Fritz.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRoland Garros [tênis]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.