Monteiro vence primeiro set, mas leva virada e está fora do Masters 1000 de Miami

Brasileiro começa bem, mas é derrotado pelo sérvio Viktor Troicki

Estadão Conteúdo

22 de março de 2017 | 20h26

O tenista Thiago Monteiro, 82º colocado no ranking da ATP, até teve um bom início nesta quarta-feira e quase surpreendeu em sua estreia no Masters 1000 de Miami, disputado em quadras duras, nos Estados Unidos. Mas, após cair de produção a partir do segundo set, o brasileiro foi superado pelo sérvio Viktor Troicki, 38º do mundo, e se despediu da competição ao perder de virada, com parciais de 5/7, 6/3 e 6/1.

Sólido no fundo de quadra, Monteiro começou bem e teve impressionante desempenho no saque no primeiro set, cedendo apenas quatro dos 28 pontos jogados em seus games de serviço e ganhando as oito trocas disputadas em seu segundo saque. Assim, ele teve tranquilidade para aproveitar seu único break point e fechar em 7/5.

A partir daí, porém, seu serviço decaiu. E, impreciso nos pontos decisivos, não aproveitando nenhuma das três oportunidades de quebra no segundo set, ele viu Troicki melhorar e fechar com relativa tranquilidade. O próximo adversário do sérvio será o canadense Milos Raonic, terceiro favorito e quinto do ranking.

Se Monteiro está fora, Thomaz Bellucci, 71º do mundo, entra em quadra nesta quinta-feira, quando encara o francês Stephane Robert, 88º do ranking. Quem vencer terá pela frente o norte-americano John Isner.

Também pela primeira rodada, o italiano Fabio Fognini superou o tenista da casa Ryan Harrison, por 6/4 e 7/5, e enfrenta o português João Sousa, enquanto o francês Jeremy Chardy venceu o argentino Facundo Bagnis e encara Marin Cilic. Já o espanhol Rafael Nadal conheceu o seu primeiro adversário: será o israelense Dudi Sela, que atropelou o norte-americano Christian Harrison por duplo 6/1.

Ainda nesta quarta-feira, o checo Jiri Vesely derrotou o alemão Tommy Haas por 2 a 1, de virada, o argentino Federico Delbonis superou seu compatriota Juan Monaco por 2 a 0, o norte-americano Ernesto Escobedo ganhou do britânico Daniel Evans por 2 a 1, o também norte-americano Donald Young venceu o alemão Dustin Brown em três sets e o japonês Yoshihito Nishioka eliminou o australiano Jordan Thompson também por 2 a 1.

Já os franceses Benoit Paire e Nicolas Mahut passaram, respectivamente, pelo eslovaco Martin Klizan e pelo norte-americano Michael Mmoh, ambos por 2 a 0, enquanto o alemão Jan-Lennard Struff contou com a desistência do britânico Aljaz Bedene, no segundo set, para se garantir na segunda rodada do Masters 1000 de Miami.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.