Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Murray arrasa Nadal, quebra tabu e fatura o Masters 1000 de Madri

É a primeira vez em que o escocês bate o rival no saibro

Estadão Conteúdo

10 de maio de 2015 | 16h49

Andy Murray não tomou conhecimento do favoritismo de Rafael Nadal, considerado por muitos o maior jogador de saibro de todos os tempos, ao arrasar o espanhol por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, neste domingo, na final do Masters 1000 de Madri.

Sem se intimidar com a torcida adversária e com um rival que ostentava a condição de quatro vezes campeão na capital espanhola, com os títulos de 2005, 2010, 2013 e 2014, o tenista britânico precisou de 1h28min para liquidar o jogo e ficar com o título da competição.

Com o triunfo, Murray também quebrou um tabu diante de Nadal, pois ele nunca tinha vencido o adversário em uma partida realizada nesta superfície. Até o duelo deste domingo, o escocês havia acumulado seis derrotas em seis confrontos neste tipo de piso com o espanhol, onde no jogo anterior entre os dois foi arrasado por 6/3, 6/2 e 6/1 na semifinal de Roland Garros do ano passado.

Desta vez, entretanto, Nadal não foi nem sombra daquele tenista que sempre é muito forte quando atua no saibro e acabou superado com relativa tranquilidade por Murray. No primeiro set, o britânico aproveitou uma de duas chances de quebrar o saque do espanhol, salvou três break points e assim assegurou a vantagem inicial de 6/3.

Em seguida, Murray voltou para a segunda parcial ainda mais arrasador ao conquistar duas quebras seguidas, fazer 4 a 0 e depois apenas confirmar os seus serviços para aplicar o 6/2 que liquidou o confronto na capital espanhola.

O título também comprovou o bom momento vivido pelo atual terceiro colocado do ranking mundial, que na semana passada também se sagrou campeão em Munique, onde conquistou o primeiro troféu de um torneio realizado em piso de saibro no circuito profissional.

Já Nadal amargou a sua quarta derrota no saibro em 2015, fato que coloca em dúvida a sua possibilidade de ampliar o seu domínio em Roland Garros, onde foi campeão de nove das últimas dez edições do Grand Slam realizado em Paris. Nadal, por sua vez, sofreu neste domingo a sua sexta derrota em 21 confrontos com o britânico. Até por isso, ele defendia a condição de favorito ao título em Madri.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.