Clive Brunskill/ AFP
Clive Brunskill/ AFP

Murray avança em Miami e alcança 500ª vitória da carreira

Britânico derrota Kevin Anderson por 2 sets a 1 e vai às quartas

Estadão Conteúdo

31 Março 2015 | 18h54

Andy Murray sofreu um pouco, mas confirmou favoritismo ao vencer o sul-africano Kevin Anderson por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3, nesta terça-feira, e garantir vaga nas quartas de final do Masters 1000 de Miami. E o triunfo acabou sendo emblemático para o tenista britânico, que alcançou a sua 500ª vitória em jogos de simples na carreira e entrou para um seleto grupo de jogadores que já atingiram esta marca.

Duas vezes campeão em Miami, Murray se tornou o nono tenista em atividade a ter 500 vitórias ou mais. Os outros são o suíço Roger Federer (1.012), os espanhóis Rafael Nadal (721), David Ferrer (622) e Tommy Robredo (505), o sérvio Novak Djokovic (624), o australiano Lleyton Hewitt (612), o alemão Tommy Haas (561) e o checo Tomas Berdych (505).

Com este seu 500º triunfo na carreira, Murray se credenciou para enfrentar na próxima fase o austríaco Dominic Thiem, que voltou a eliminar um cabeça de chave para seguir em frente nos Estados Unidos. Após passar pelo espanhol Feliciano López, décimo pré-classificado na segunda rodada, ele passou agora pelo francês Adrian Mannarino, listado como 28º favorito, por 2 sets a 1, com 7/6 (7/5), 4/6 e 7/5.

Terceiro cabeça de chave em Miami e atual quarto tenista do ranking mundial, Murray precisou de duas horas e quatro minutos em quadra para despachar Anderson, que deu muito trabalho ao escocês. Ele chegou a quebrar o saque do rival por três vezes, mas o britânico converteu quatro de 11 break points, sendo dois deles no último set, para liquidar a partida em 2 sets a 1.

Outro favorito de destaque que foi às quartas de final nesta terça-feira foi o checo Tomas Berdych, oitavo cabeça de chave, que contou com a desistência do francês Gael Monfils quando vencia o segundo set por 3/2, após ganhar a primeira parcial por 6/3. O próximo rival de Berdych será o argentino Juan Monaco, que assegurou classificação à próxima fase ao bater o espanhol Fernando Verdasco, 29º cabeça de chave, por duplo 6/3.

Mais conteúdo sobre:
tênis Masters 1000 de Miami Andy Murray

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.