Murray coloca Grã-Bretanha na final da Copa Hopman

O escocês Andy Murray teve de carregar a equipe da Grã-Bretanha mais uma vez na Copa Hopman, e novamente foi bem-sucedido. Nesta sexta-feira, ele comandou a vitória por 2 jogos a 1 sobre a Rússia, que classificou os britânicos para a decisão do torneio - a adversária na decisão será a Espanha.

AE, Agencia Estado

08 de janeiro de 2010 | 10h00

O confronto com os russos começou com os dois primeiros dos britânicos na competição: com derrota da juvenil Laura Robson. A tenista, de apenas 15 anos e sem experiência em grandes torneios, caiu diante de Elena Dementieva por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/0.

Depois, veio o show habitual de Murray. Mas, desta vez, o número 4 do mundo exagerou. Ele passou por cima de Igor Andreev, com 6/1 e 6/0, e depois comandou a vitória da dupla mista por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (6/8) e 7/6 (8/6). No outro confronto do Grupo B, o Casaquistão venceu a Alemanha.

Com o resultado desta sexta, a Grã-Bretanha encerrou o Grupo B na primeira colocação, invicta após três confrontos. Os britânicos buscam seu primeiro título na competição, enquanto os espanhóis - que jogam com Tommy Robredo e María José Martínez - tentam o tricampeonato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.