Murray e Soderling são eliminados em Roma

O britânico Andy Murray segue com dificuldades para conseguir bons resultados no saibro. Depois de ser eliminado na partida de estreia em Montecarlo, ele foi derrotado pelo espanhol David Ferrer por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1 hora e 36 minutos, pelas oitavas de final do Masters 1000 de Roma.

AE, Agência Estado

29 de abril de 2010 | 15h29

Campeão do Torneio de Acapulco neste ano, Ferrer mostrou estar muito mais adaptado ao piso do que Murray, quarto cabeça de chave em Roma. Agora, o tenista espanhol vai enfrentar o francês Jo-Wilfried Tsonga, que eliminou o colombiano Santiago Giraldo, em um confronto inédito.

O sueco Robin Soderling foi outro favorito a ser eliminado nesta quinta-feira em Roma. O cabeça de chave número 5 foi derrotado pelo suíço Stanilas Wawrinka por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em 1 hora e 17 minutos. Agora, o suíço vai enfrentar o vencedor do jogo entre o espanhol Rafael Nadal e o romeno Victor Hanescu.

Contundido, o croata Ivan Ljubicic não entrou em quadra nesta quinta-feira e, por isso, o espanhol Feliciano Lopez avançou às quartas de final em Roma. Seu próximo adversário será o letão Ernests Gulbis, algoz do suíço Roger Federer, que eliminou o italiano Filippo Volandri nesta quinta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.