Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Murray é surpreendido e cai diante de Thiem na semifinal em Barcelona

Número 1 do mundo assistirá austríaco enfrentar na final o vencedor de Rafael Nadal x Horacio Zeballos

Estadao Conteudo

29 de abril de 2017 | 11h42

O número 1 do mundo Andy Murray caiu neste sábado nas semifinais do Torneio de Barcelona. Principal cabeça de chave e maior favorito ao título no saibro espanhol, o britânico foi surpreendido pelo austríaco Dominic Thiem, que avançou à decisão ao vencer por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 6/4.

Quarto cabeça de chave em Barcelona, Thiem precisou de 2h15min para superar Murray. Com isso, o tenista de 23 anos conseguiu somente sua primeira vitória diante deste adversário, depois de ter sido batido nos dois encontros anteriores: em 2014, na Holanda, e 2015, nos Estados Unidos.

Ambas as derrotas, no entanto, aconteceram no piso duro, no qual Murray costuma se sair melhor. O saibro, por sua vez, está longe de ser o tipo de quadra de preferência do britânico, e Thiem aproveitou esta deficiência do rival para levar a melhor neste sábado.

Número 9 do mundo, o austríaco impôs seu jogo ao longo de boa parte do confronto contra Murray. Ele aproveitou dia pouco inspirado do rival no serviço para confirmar seis das 10 oportunidades de quebra que teve. E após um duelo equilibrado, arrancou no terceiro set para levar a melhor.

Esta será somente a segunda decisão de Thiem nesta temporada. Na anterior, ele derrotou o espanhol Pablo Carreño Busta para faturar o título do Rio Open, no Brasil, em fevereiro, seu único título do ano até o momento, também no saibro. Se levar a melhor na decisão em Barcelona, o austríaco vai levantar seu nono troféu da carreira.

Por outro lado, Murray perdeu a chance de conquistar seu segundo título no ano. Em uma temporada com altos e baixos, o britânico disputou seis torneios até o momento e venceu somente um, nas quadras duras de Dubai, no início de março.

Ainda neste sábado, o Torneio de Barcelona conhecerá seu segundo finalista. Thiem vai encarar o vencedor do confronto entre o espanhol Rafael Nadal, terceiro cabeça de chave, que busca seu décimo título na competição, e o argentino Horácio Zeballos, número 84 do mundo e maior surpresa do campeonato.

Tudo o que sabemos sobre:
TênistênisAndy Murray

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.