Kamraw Jebreili/AP
Kamraw Jebreili/AP

Murray reitera que pretende voltar a jogar na temporada de grama

Tenista britânico não atua desde julho de 2017, quando não conseguiu terminar partida em Wimbledon

Estadão Conteúdo

05 Junho 2018 | 09h46

Perto de completar um ano de afastamento do circuito, o tenista escocês Andy Murray reiterou nesta terça-feira que pretende fazer seu retorno às quadras na curta temporada de grama, nas próximas semanas. Sua maior meta é jogar em Wimbledon, diante da torcida britânica.

+ Cilic bate Fognini em 5 sets e encara Del Potro nas quartas em Paris

+ Ucraniana desiste e Muguruza vai encarar Sharapova nas quartas em Paris

"Eu comecei a treinar há alguns dias e espero fazer o meu retorno durante a temporada de grama", disse o ex-número 1 do mundo em entrevista ao jornal britânico The Guardian. "Estou perto de voltar a jogar novamente", reforçou.

Murray não especificou em qual torneio fará o seu retorno, mas é possível que a volta aconteça no Torneio de Hertogenbosch, na Holanda, na próxima semana, ou no Torneio de Queen's, em Londres. A competição inglesa vai começar no dia 18 deste mês. O tenista da casa já levantou o troféu no tradicional torneio, em homenagem à rainha, em cinco edições.

O atleta não compete desde Wimbledon, em julho do ano passado. Na ocasião, foi eliminado nas quartas de final, quando já demonstrava sinais de dores. Em janeiro deste ano, ele foi submetido a uma cirurgia no quadril. "A recuperação foi muito lenta", disse Murray, que tentou evitar a operação no segundo semestre de 2017.

Após adiar o procedimento, se viu na necessidade da operação, o que acabou adiando o seu retorno. "A recuperação foi muito mais devagar do que eu e a minha equipe esperávamos no início", admitiu. Terceiro Grand Slam da temporada, o Torneio de Wimbledon terá início no dia 2 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.