Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Andy Murray retoma 2º lugar do ranking e Nadal volta ao Top 5

Tenista britânico volta a desbancar o suíço Roger Federer

Estadão Conteúdo

09 Novembro 2015 | 10h25

Apesar da derrota na final do Masters 1000 de Paris, no domingo, o escocês Andy Murray retomou a vice-liderança do ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira. O britânico voltou a desbancar o suíço Roger Federer em razão dos pontos descontados do ATP Finals disputado na temporada passada.

Com a pontuação da competição de 2014 subtraída nesta semana, Murray não apenas voltou ao segundo lugar como também abriu quase 1000 pontos de vantagem sobre Federer. Tem agora 8.470, contra 7.340 do suíço, que teve descontados os pontos do vice-campeonato do ATP Finals - em Paris ele caiu nas oitavas de final.

Campeão na França, Djokovic perdeu pontos por causa do desconto do título do ATP Finals do ano passado. Mesmo assim, segue com ampla vantagem na liderança. Ostenta 15.285 pontos, mais que o dobro do terceiro colocado, Federer. O suíço Stan Wawrinka continua ocupando o quarto lugar.

A novidade é a volta de Rafael Nadal ao Top 5. Ele não figurava nesta restrita lista desde o início de maio, quando era o quarto colocado. Nesta semana, o espanhol desbancou o checo Tomas Berdych e alcançou o quinto lugar, na esteira dos bons resultados obtidos nesta reta final da temporada.

O espanhol David Ferrer também subiu no ranking. Ele superou o japonês Kei Nishikori e voltou a aparecer em sétimo lugar. Os franceses Richard Gasquet e Jo-Wilfried Tsonga fecham o Top 10, às vésperas do ATP Finals, que vai encerrar a temporada em Londres, a partir de domingo.

Eliminado na segunda rodada em Paris, Thomaz Bellucci ganhou três posições no ranking. Subiu para 37º ao encerrar sua temporada. Rogério Dutra Silva é o número dois do Brasil, figurando em 122º na lista da ATP. E João Souza, o Feijão, ocupa o 139º lugar.

Confira os 20 primeiros colocados do ranking da ATP:

1º - Novak Djokovic (Sérvia), 15.285 pontos

2º - Andy Murray (Escócia), 8.470

3º - Roger Federer (Suíça), 7.340

4º - Stan Wawrinka (Suíça), 6.500

5º - Rafael Nadal (Espanha), 4.630

6º - Tomas Berdych (República Checa), 4.620

7º - David Ferrer (Espanha), 4.305

8º - Kei Nishikori (Japão), 4.305

9º - Richard Gasquet (França), 2.850

10º - Jo-Wilfried Tsonga (França), 2.635

11º - John Isner (EUA), 2.495

12º - Kevin Anderson (África do Sul), 2.475

13º - Marin Cilic (Croácia), 2.405

14º - Milos Raonic (Canadá), 2.170

15º - Gilles Simon (França), 2.145

16º - David Goffin (Bélgica), 1.805

17º - Feliciano López (Espanha), 1.690

18º - Bernard Tomic (Austrália), 1.675

19º - Dominic Thiem (Áustria), 1.600

20º - Benoit Paire (França), 1.553

37º - Thomaz Bellucci (Brasil), 1.105

122º - Rogério Dutra Silva (Brasil), 473

139º - João Souza (Brasil), 422

Mais conteúdo sobre:
tênis ATP Andy Murray Roger Federer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.