Koen Suyk/Efe
Koen Suyk/Efe

Murray sofre, mas derrota austríaco e avança no ATP 500 de Roterdã

Escocês faz 2 a 1 em Dominic Thiem para chegar à segunda vitória no torneio holandês

Agência Estado

13 de fevereiro de 2014 | 20h29

ROTERDÃ - O escocês Andy Murray teve dificuldade para faturar sua segunda vitória no ATP 500 de Roterdã, nesta quinta-feira. O segundo cabeça de chave do torneio holandês precisou de 2h21min para superar o austríaco Dominic Thiem, número 113 do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3.

Atual número seis do mundo, Murray teve problemas para neutralizar o estilo mais agressivo do rival. Mais contido, chegou a obter duas quebras de saque no set inicial e abriu rápida vantagem. Thiem chegou a devolver uma das quebras, mas não evitou a derrota parcial.

No segundo set, porém, o austríaco aumentou a pressão sobre o saque do escocês e equilibrou o duelo. Acabou faturando uma quebra no último game da parcial e empatou a partida. Embalado, Thiem manteve o ritmo no terceiro set, mas não resistiu às investidas de Murray no segundo game. Sofreu a quebra e viu o favorito vencer o duelo após confirmar seus games de saque.

Nas quartas de final, o tenista britânico vai enfrentar o croata Marin Cilic, que surpreendeu ao eliminar o francês Jo-Wilfried Tsonga, atual 10º colocado do ranking.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de RoterdãAndy Murray

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.