Mitchell Layton/AFP
Mitchell Layton/AFP

Murray supera Edmund em três sets e irmãos Zverev vão se enfrentar em Washington

Britânico luta para retomar a melhor fase no circuito da ATP

Estadão Conteúdo

02 Agosto 2018 | 00h58

O britânico Andy Murray deu sinais de que está voltando à antiga forma ao conquistar nesta quarta-feira a sua primeira vitória sobre um Top 20 do ranking da ATP em mais de um ano. Recuperado de cirurgia no quadril direito e com postura mais agressiva, ele derrotou o compatriota Kyle Edmund, o número 18 do mundo, por 7/6 (7/4), 1/6 e 6/4.

+ Serena Williams lamenta a pior derrota da carreira: 'Não sei o que se passou'

+ Marcelo Melo perde para ex-parceiro e é eliminado logo na estreia em Washington

Dono de três títulos de Grand Slam e ex-número 1 do mundo, Murray ficou de fora das quadras por 11 meses. Ele perdeu todo o segundo semestre de 2017, realizou operação em janeiro e voltou para o circuito em junho, quando fez apenas três jogos, com duas derrotas, uma delas para Edmund, em Eastbourne, que neste ano foi semifinalista do Aberto da Austrália e o suplantou na condição de tenista britânico melhor ranqueado.

Ainda, porém, há muito para Murray fazer, afinal, ele está apenas em 832º lugar no ranking e jogou nesta quarta a sua quinta partida em 12 meses, sendo que precisou de três sets para vencer as duas partidas que disputou no Torneio de Washington, preparatório para o US Open.

Agora, então, o seu próximo rival vai ser o romeno Marius Copil, número 93 do mundo e que aplicou duplo 6/4 no francês Jeremy Chardy, o 43º colocado no ranking, em 1 hora e 15 minutos.

Quem também avançou para a terceira rodada foi o alemão Alexander Zverev, o número 3 do mundo e atual campeão, que na quinta-feira vai enfrentar pela primeira vez o seu irmão, Mischa, o 42º colocado no ranking. Para isso, Alexander superou o tunisiano Malek Jaziri por 6/2 e 6/1 em jogo que havia sido paralisado pela chuva no dia anterior.

A rodada de quarta-feira teve a queda dos cabeças de chave Nick Kyrgios, lesionado, além de Karen Khachanov e Jeremy Chardy, que perderam seus jogos. Já David Goffin fez 6/2, 1/6 e 7/6 em Pierre-Hugues, Kei Nishikori eliminou Donald Young por 6/3 e 6/4, Denis Shapovalov derrotou Daniil Medvedev por 3/6, 6/1 e 6/4, e Stefanos Tsitsipas bateu Jared Donaldson por 3/6, 6/3 e 7/5.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.