Murray vence batalha contra Gasquet e avança às semifinais em Paris

O britânico Andy Murray superou uma batalha para se classificar às semifinais do Masters 1000 de Paris, disputado em quadras duras. Nesta sexta-feira, o número 3 do mundo precisou de 2 horas e 38 minutos para derrotar o francês Richard Gasquet por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (9/7), 3/6 e 6/3.

Estadão Conteúdo

06 de novembro de 2015 | 14h21

Murray começou melhor a partida, conseguiu uma quebra de saque logo no início e abriu 3/0 após vencer um game com 13 minutos de duração. Gasquet, porém, reagiu e devolveu a quebra no sétimo game e conseguiu levar o set para o tie-break, que foi equilibrado como o restante do jogo e vencido por 9/7.

No segundo set, os tenistas foram confirmando o saque sem muita dificuldade até o sexto game, quando Gasquet converteu o único break point da parcial. E, na sequência, confirmou o seu saque para fazer 5/2. Depois, só precisou vencer mais um game de serviço para vencer a parcial por 6/3 e forçar a realização do terceiro set.

Gasquet conseguiu a primeira quebra de saque da parcial, no terceiro game, mas perdeu o seu serviço na sequência. O duelo seguiu igual até o oitavo, quando Murray pressionou o serviço de Gasquet e conseguiu mais uma quebra de saque. O britânico não vacilou depois e fez 6/3, avançando pela primeira vez às semifinais do Masters 1000 de Paris e frustrando a torcida local.

A vitória desta sexta ampliou a vantagem de Murray no confronto direto com Gasquet para 7 a 3. Em busca de uma vaga na decisão, o britânico agora vai duelar com o vencedor do duelo entre o norte-americano John Isner e o espanhol David Ferrer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.