Shaun Best/Reuters
Shaun Best/Reuters

Murray vence Del Potro e conquista Masters de Montreal

Escocês ganha a final contra o argentino do torneio no Canadá por 2 sets a 1, parciais de 6/7, 7/6 e 6/1

Agencia Estado

16 de agosto de 2009 | 19h06

Novo vice-líder do ranking mundial, o escocês Andy Murray confirmou a boa fase neste domingo, ao conquistar o título do Masters 1000 de Montreal. Após desbancar o espanhol Rafael Nadal e assumir a condição de número 2 do mundo com a boa campanha no Canadá, o tenista britânico mostrou melhor preparo físico que o argentino Juan Martín Del Potro para vencer a final do torneio por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (4/7), 7/6 (7/3) e 6/1.

O título inédito em Montreal, conquistado após 2h44 de jogo, foi o quarto de Murray em torneios Masters. Além disso, a vitória na decisão contra Del Potro fez com que o escocês levantasse sua quinta taça no ano - já venceu em Doha, Roterdã, Queens e no Masters de Miami. A conquista nas quadras duras de Montreal ainda foi a 13.ª na carreira do jovem tenista, de apenas 22 anos.

Apesar da facilidade que teve no terceiro e decisivo set, Murray encontrou um Del Potro bastante seguro no início do jogo. Mesmo sem permitir nenhuma possibilidade de quebra, o escocês acabou derrotado na parcial. No tie-break, o argentino, atual número 6 do mundo, não deu chances para o rival, que teve de buscar a reação no segundo set, quando Del Potro já começou a demonstrar sinais de cansaço.

Com uma quebra para cada lado, os tenistas foram para a decisão novamente no tie-break. O argentino, porém, pediu atendimento médico ainda antes, reclamando de dores nas costas. Já se mostrando abalado, não foi páreo para Murray, que empatou o jogo com tranquilidade. No set seguinte, Del Potro esteve irreconhecível, sem mais a força física e mental de antes, quando chegou a salvar cinco quebras na segunda parcial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.