Issei Kato/Reuters
Issei Kato/Reuters

Murray vence Dimitrov e encara australiano em Melbourne

Número 6 do mundo, Murray derrotou Dimitrov, o 11º colocado no ranking, por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (5/7), 6/3 e 7/5

Estadão Conteúdo

25 de janeiro de 2015 | 12h08

O britânico Andy Murray conquistou a sua classificação para as quartas de final do Aberto da Austrália ao vencer a partida que encerrou a programação deste domingo em Melbourne. E o triunfo veio em um grande duelo com o búlgaro Grigor Dimitrov, definido em 3 horas e 32 minutos na Rod Laver Arena, a principal quadra do complexo que recebe o primeiro Grand Slam da temporada, em Melbourne.

Número 6 do mundo, Murray derrotou Dimitrov, o 11º colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (5/7), 6/3 e 7/5. Assim, o britânico ampliou uma impressionante regularidade em torneios do Grand Slam: vai jogar pela 16ª vez seguida as quartas de final de uma das quatro principais competições do tênis - a última queda precoce foi no US Open de 2010.

Neste domingo, 25, Dimitrov chegou a abrir 3/0 no primeiro set, com uma quebra de serviço, mas permitiu a reação de Murray, que conseguiu a virada ao converter break points no quinto e nono games.

No segundo set, Murray ficou em vantagem ao obter uma quebra de saque no terceiro game, que foi devolvida no sexto. O britânico voltou a passar à frente ao converter um break point no 11º game, mas perdeu o seu serviço quando podia fechar a parcial e acabou sendo batido no tie-break.

O terceiro set seguiu igual até o oitavo game, quando Murray pressionou o saque de Dimitrov, conseguiu a quebra e em seguida fechou a parcial em 6/3. Dimitrov esboçou uma reação no quarto set ao fazer 3/0, com uma quebra de saque. No nono game, quando sacava para vencer a parcial, perdeu o serviço e se descontrolou. Murray se aproveitou, conseguiu mais uma quebra de serviço e venceu a parcial por 7/5 e o jogo por 3 sets a 1.

Dono de três vice-campeonatos do Aberto da Austrália, Murray agora terá pela frente o australiano Nick Kyrgios nas quartas de final. O britânico triunfou no único confronto entre eles, no Masters 1000 de Toronto, no ano passado.

Adversário de Murray nas quartas de final, Kyrgios precisou superar uma batalha e virar o jogo após perder os dois primeiros sets da partida, fazendo a festa da torcida local. O número 53 do mundo derrotou o italiano Andreas Seppi , 46º colocado no ranking, por 3 a 2, com parciais de 5/7, 4/6, 6/3, 7/6 (7/5) e 8/6.

Em uma partida com 3 horas e 44 minutos de duração, Kyrgios e Seppi fizeram um confronto bastante equilibrado, tanto que o australiano só fez três pontos a mais do que o seu adversário - 184 a 181 - e ainda precisou salvar um match point no quarto set.

Assim, Kyrgios igualou o seu melhor resultado em um torneio de Grand Slam, alcançado em Wimbledon no ano passado. Já Seppi, responsável pela principal zebra desta edição do Aberto da Austrália ao eliminar o suíço Roger Federer, segue sem conseguir alcançar as quartas de final de um dos quatro principais torneios do tênis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.