AP Photo/Manu Fernandez
AP Photo/Manu Fernandez

Murray vence López e avança às quartas de final em Barcelona

Triunfo veio por 2 sets a 0, com duplo 6/4

O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2017 | 15h18

Cabeça de chave número 1 do Torneio de Barcelona, o escocês Andy Murray enfim suou em quadra na competição espanhola, de nível ATP 500. Nesta quinta-feira, ele venceu o local Feliciano López por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e avançou às quartas de final.

Murray venceu a primeira em quadra nesta quinta porque na segunda rodada o australiano Bernard Tomic nem entrou no jogo por causa de dores nas costas e abandonou a competição. E, na rodada de abertura, ele foi "bye" por ser um dos cabeças de chave.

Nas quartas, o tenista número 1 do mundo vai enfrentar o vencedor do confronto espanhol entre Roberto Bautista Agut e Albert Ramos-Viñolas, que ainda entrarão em quadra nesta quinta.

Em seu primeiro jogo, de fato, em Barcelona, Murray oscilou no set inicial, mas não chegou a ser ameaçado por López ao longo da partida. O favorito até teve o saque quebrado na primeira parcial. Na segunda, salvou quatro break points e mostrou maior solidez. Acabou fechando a partida após 1h49min de duelo.

Em outro jogo da rodada, o belga David Goffin se despediu da competição em sua segunda partida na competição. O quinto cabeça de chave, vice-campeão do Masters 1000 de Montecarlo, no domingo, foi surpreendido pelo russo Karen Khachanov por 6/7 (7/9), 6/3 e 6/4.

O russo de apenas 20 anos, 56º do ranking, vem se tornando a sensação do Torneio de Barcelona. Na estreia, eliminara o brasileiro Thomaz Bellucci e, na segunda rodada, bateu o uruguaio Pablo Cuevas, outro especialista em saibro e que vive boa fase no circuito.

Goffin não foi o único cabeça de chave a se despedir da competição nesta quinta. Mais cedo, o alemão Alexander Zverev foi batido pelo sul-coreano Chung Hyeon por 6/1 e 6/4. Hyeon será o próximo adversário do local Rafael Nadal, principal favorito ao título, que busca seu 10º troféu na cidade catalã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.