Murray vence Muller de virada e avança às semifinais em Queen's

O britânico Andy Murray precisou de uma virada para se garantir nas semifinais do Torneio de Queen''s, ATP 500 londrino, disputado em quadras de grama. Nesta sexta-feira, o número 3 do mundo teve dificuldades, mas mesmo assim avançou ao bater o luxemburguês Gilles Muller, 48º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (7/2) e 6/4, em 1 hora e 56 minutos.

Estadão Conteúdo

19 de junho de 2015 | 16h10

O duelo desta sexta foi o quarto entre Murray e Muller, agora com quatro vitórias do britânico. Assim, ele segue firme na luta pelo seu quarto título em Queen''s - os outros foram conquistados em 2009, 2011 e 2013. E o seu próximo adversário sairá do duelo entre o sérvio Viktor Troicki e o norte-americano John Isner.

No primeiro set, Murray teve o seu saque quebrado no quarto game e não conseguiu reagir, sendo batido por 6/3. No segundo set, os tenistas não tiveram sequer um break point. A definição da parcial seguiu para o tie-break, que foi vencido por Murray.

Embalado, Murray abriu 3/0 no terceiro set, com uma quebra de saque no segundo game, e depois só precisou manter a vantagem para assegurar a vitória por 6/4 e a sua passagem às semifinais do Torneio de Queen''s.

Ao contrário de Murray, o canadense Milos Raonic, número 8 do mundo, não conseguiu confirmar o seu favoritismo e foi eliminado ao perder para o francês Gilles Simon, 13º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 7/5.

Agora Simon vai disputar uma vaga na decisão com o sul-africano Kevin Anderson, número 17 do mundo, que bateu o espanhol Guillermo García-López, 34º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (9/7) e 7/5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.