Alastair Grant/AP
Alastair Grant/AP

Na busca pelo bi, Bruno Soares quer manter nível alto para avançar em Melbourne

Ao lado do britânico Jamie Murray, brasileiro venceu de virada o alemão Kevin Krawietz e o croata Nikola Mekti nas duplas

Redação, Estadão Conteúdo

21 de janeiro de 2019 | 13h33

Em busca do bi no Aberto da Austrália, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray conseguiram nesta segunda-feira uma difícil vitória de virada sobre o alemão Kevin Krawietz e o croata Nikola Mektic para avançarem às quartas de final da chave de duplas masculinas. Mas sabem que precisam manter o nível bem alto para seguirem sonhando com a taça que já conquistaram em 2016.

Contra Krawietz e Mektic, Soares e Murray salvaram três match points para vencerem a sétima partida seguida no circuito profissional - antes do Grand Slam em Melbourne, os dois conquistaram o título do ATP 250 de Sydney, também na Austrália. As parciais nesta segunda-feira foram de 6/7 (3/7), 6/2 e 7/5.

"Foi mais um jogo duríssimo, na quadra 3, com uma atmosfera bem legal. Hoje (segunda-feira) conseguimos sair de um buraco maior ainda. Eu saquei no 0-40 em 4/5, salvamos três match points. Mas hoje a gente jogou melhor que o adversário, só tivemos problemas para capitalizar. Perdemos um primeiro set que não deveríamos ter perdido, dominamos o segundo e criamos oportunidades no terceiro", disse Soares.

Os próximos adversários serão o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers, que venceram o Aberto da Austrália em 2017. "É um 'match-up' que não muito fácil para a gente, mas vamos com tudo. Tentar manter esse ritmo porque estamos jogando um nível bem alto", concluiu o brasileiro, que derrotou os adversários junto com Murray no último confronto entre eles, no ATP Finals de 2018.

Soares também segue nas duplas mistas com a norte-americana Nicole Melichar. Nesta terça-feira, eles enfrentam os húngaros Timea Babos e Marton Fucsovics pela segunda rodada, que já equivale às oitavas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.