Nadal acredita que perderá 2.º lugar do ranking para Djokovic

Derrota na primeira rodada em Roma e título do sérvio deixaram o espanhol em má situação na lista da ATP

Reuters

12 de maio de 2008 | 12h58

Rafael Nadal disse nesta segunda-feira, 12, acreditar que vai perder a posição de número 2 do ranking mundial para o sérvio Novak Djokovic no máximo até o torneio de Wimbledon. A derrota de Nadal para Juan Carlos Ferrero na segunda rodada em Roma, na semana passada, aliada à conquista de Djokovic na competição, significa que Nadal pode cair para a terceira posição ainda esta semana, em Hamburgo. O espanhol teve uma grande temporada nos torneios de saibro no ano passado - com apenas uma derrota, para Roger Federer na final em Hamburgo - e depois ainda fez a final de Wimbledon, na grama. Com tantos pontos a defender no ranking, Nadal está vulnerável e sabe que não tem margem para erro até Wimbledon. "Djokovic está muito perto, não há dúvida", disse Nadal a repórteres nesta segunda-feira na Alemanha, onde disputa o Masters Series de Hamburgo. "Eu acho, não, estou certo, que a lógica é que ele me passe aqui, pegue o número 2 aqui, ou em Roland Garros ou em Wimbledon. Ele é um grande jogador e está indo muito bem", acrescentou. Nadal tem reclamado bastante sobre o calendário da ATP deste ano, que tem os três Masters Series no saibro, mais Barcelona, espremidos em quatro semanas.

Tudo o que sabemos sobre:
Rafael NadalNovak DjokovicATPranking

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.