Nadal alega cansaço e desiste do Torneio da Basileia

Espanhol decide descansar por mais uma semana e voltar apenas no Masters 1000 de Paris

AE, Agência Estado

18 de outubro de 2013 | 11h32

BASILEIA - Líder do ranking mundial, Rafael Nadal desistiu de disputar o Torneio da Basileia, na semana que vem, quando era esperado mais um confronto entre ele e Roger Federer. Campeão 10 vezes apenas nesta temporada, o espanhol decidiu descansar por mais uma semana e voltar apenas para jogar Masters 1000 de Paris, no fim do mês, e o ATP Finals, na semana seguinte, em Londres. "Sinto muito anunciar que não viajarei à Suíça, para o torneio da Basileia, já que depois destas semanas de muita intensidade, tenho que cuidar da minha saúde e da minha preparação física. Espero poder estar no torneio no ano que vem", escreveu Nadal na sua conta oficial no Facebook.

Com a ausência do espanhol, caberá ao argentino Juan Martin del Potro, campeão na Basileia no ano passado, o posto de principal favorito ao título. A saída de Nadal também fará com que Roger Federer passe a ser o cabeça de chave número dois em busca do seu sexto título jogando em casa. Nesta temporada, Nadal fez 73 jogos e perdeu apenas cinco vezes. Demonstrando cansaço, foi derrotado na final em Pequim, na última semana de setembro, por Novak Djokovic, e, uma semana depois, caiu diante de Del Potro na semifinal do Masters 1000 de Xangai.

O espanhol já havia programado descansar nesta semana, quando são jogados apenas torneios de nível ATP 250, e deveria voltar para jogar na Basileia, um ATP 500, que vale o dobro de pontos. Assim, Nadal adia o seu retorno à Suíça, onde não joga desde 2004. Nas duas vezes que competiu lá, perdeu na estreia.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRafael NadalTorneio da Basileia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.