AFP/GLYN KIRK
AFP/GLYN KIRK

Nadal arrasa Murray e fica perto de vaga na semifinal do ATP Finals

Espanhol ganha por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/1, em Londres

Estadão Conteúdo

18 Novembro 2015 | 14h18

Rafael Nadal pode estar longe de sua melhor forma, mas ao menos neste início de ATP Finals, está mostrando um pouco do desempenho que o fez ser um dos melhores tenistas do mundo por tanto tempo. Depois de derrotar Stan Wawrinka na estreia, o espanhol passeou diante de Andy Murray nesta quarta-feira e praticamente garantiu vaga nas semifinais ao fazer 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1.

Nadal precisou de somente pouco mais de uma hora e meia para despachar o britânico. E Murray era o grande favorito para a disputa, uma vez que ocupa a vice-liderança do ranking mundial na atualidade, enquanto seu rival espanhol é o quinto e deu demonstrações de irregularidade nos últimos meses.

Mas em Londres, Nadal está mesmo em alta. E depois de despachar Wawrinka com tranquilidade na estreia, foi mais uma vez dominante, lembrando um pouco os bons tempos que lhe deram, entre outros, nove títulos de Roland Garros. Nesta quarta, ele também ampliou a hegemonia diante de Murray, chegando à 16.ª vitória em 22 duelos entre eles.

Quem acompanhou o início da partida, no entanto, não poderia adivinhar seu desfecho. Nadal começou desatento, errou muito e foi quebrado logo no primeiro game. Mas foi o suficiente para o espanhol acordar e devolver a quebra na sequência. No décimo game, ele repetiu o feito e fechou a parcial.

No segundo set, Nadal voltou ainda melhor e passeou em quadra. Abriu 3 a 0 logo de cara com uma quebra. Viu Murray confirmar o serviço na sequência, mas apenas para adiar a derrota, que viria com uma nova quebra no sexto game, seguida de um game de serviço confirmado pelo espanhol.

Esta foi apenas a primeira vez que Nadal venceu um Top 3 em 2015, prova da arrancada do espanhol neste ATP Finals. Agora, ele lidera o Grupo Ilie Nastase com dois triunfos em duas partidas, deixando Murray para trás, com apenas um. Stan Wawrinka e David Ferrer duelarão ainda nesta quarta em busca da primeira vitória. Em caso de triunfo do suíço, Nadal já estará classificado. Caso contrário, precisará bater Ferrer na última rodada para não depender de nenhum outro resultado.

DUPLAS

Na chave de duplas, os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut venceram a primeira nesta quarta-feira. Depois de serem superados por Marcelo Melo e Ivan Dodig na estreia, eles se recuperaram e bateram o polonês Marcin Matkowski e o sérvio Nenad Zimonjic por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/3 e 10/8. O triunfo manteve a dupla viva por uma vaga nas semifinais.

Mais conteúdo sobre:
tênis ATP Finals Rafael Nadal Andy Murray

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.