Yann Coatsaliou / AFP
Yann Coatsaliou / AFP

Nadal arrasa russo e avança para enfrentar algoz de Djokovic em Montecarlo

Espanhol pode se isolar como maior vencedor de Masters caso seja campeão no torneio monegasco

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2018 | 13h46

Dez vezes campeão do Masters 1000 de Montecarlo, Rafael Nadal voltou a confirmar favoritismo com tranquilidade para avançar às quartas de final desta edição do importante torneio realizado em quadras de saibro. O tenista espanhol venceu o russo Karen Khachanov por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em apenas 79 minutos, nesta quinta-feira.

+ Thiem bate Djokovic de virada e avança às quartas de final em Montecarlo

+ Bruno Soares cai em estreia nas duplas e Brasil dá adeus ao Masters de Montecarlo

Com o triunfo, Nadal se classificou para enfrentar nesta sexta-feira o austríaco Dominic Thiem, que horas mais cedo eliminou o sérvio Novak Djokovic com uma vitória por 2 sets a 1, de virada. Contra o atual sétimo colocado da ATP, o líder do ranking mundial fará o oitavo duelo entre os dois tenistas. Curiosamente, todos os sete embates anteriores ocorreram no saibro, sendo o último deles na semifinal de Roland Garros do ano passado, quando o espanhol atropelou por 6/3, 6/4 e 6/0.

Na última quarta-feira, em duelo válido já pelas oitavas de final, o número 1 do mundo estreou em Montecarlo despachando o esloveno Aljaz Bedene por 6/1 e 6/3. Agora, diante do atual 38º tenista do mundo, ele até foi surpreendido ao ter o saque quebrado por uma vez no primeiro set, mas converteu quatro de sete break points no decorrer do duelo para encaminhar o seu triunfo sem maiores problemas.

Desta forma, Nadal avançou para seguir na busca pelo seu 11º título no principado monegasco, onde também se sagrou campeão em 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2016 e 2017. Caso volte a levantar o troféu, ele também se tornará recordista isolado de conquistas de Masters - com 30 taças, divide hoje a condição de maior campeão desta importante série de torneios com Djokovic.

Contra Thiem, Nadal só foi derrotado em duas de sete partidas, sendo uma delas nas quartas de final do Masters 1000 de Roma do ano passado. Antes disso, o austríaco também surpreendeu o espanhol nas semifinais do Torneio de Buenos Aires, em 2016.

Em outro duelo encerrado há pouco tempo em Montecarlo, o francês Richard Gasquet também se classificou às quartas de final ao derrotar o alemão Mischa Zverev por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5. Com a vitória, o veterano de 31 anos impediu um confronto de irmãos na próxima fase, pois o seu próximo adversário será Alexander Zverev, que horas mais cedo bateu o também alemão Jan-Lennard Struff por 2 sets a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRafael NadalNovak Djokovic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.