Julio Cortez/AP
Julio Cortez/AP

Nadal atropela canadense e encara russo na 3ª rodada do US Open

Espanhol vai enfrentar Karen Khachanov após vitória por 3 sets a 0 sobre Vasek Pospisil

Estadão Conteúdo

30 Agosto 2018 | 01h00

Exibindo grande forma técnica na quadra dura do US Open, o espanhol Rafael Nadal não tomou conhecimento do canadense Vasek Pospisil na noite desta quarta-feira e arrasou o 88º do ranking da ATP pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/2, em duas horas de partida.

Afiado em todos os fundamentos, o número 1 do mundo impôs seu jogo com grande rendimento no fundo de quadra e também no saque. Ele acertou 84% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Anotou cinco aces e não se intimidou com os 12 anotados pelo adversário. Nadal se destacou ainda ao anotar 26 bolas vencedoras, contra 22 do oponente. E cometeu 16 erros não forçados, abaixo dos 23 de Pospisil.

O espanhol só encontrou dificuldades em quadra no início do segundo set, quando sofreu uma única quebra no jogo e viu o rival abrir 4/2 na parcial. A reação, contudo, foi rápida. E Nadal virou para 5/4 antes de fechar o set. No total, o favorito registrou cinco quebras de saque.

Em busca do seu quarto título em Nova York, o atual campeão do US Open vai encarar agora o jovem russo Karen Khachanov. O tenista de 22 anos, 27º cabeça de chave, também avançou nesta quarta ao derrotar o italiano Lorenzo Sonego por 7/5, 6/3 e 6/3. Os dois tenistas se encontraram recentemente, no Masters 1000 de Toronto, com vitória do espanhol.

Ainda nesta quarta, o local John Isner derrotou o chileno Nicolas Jarry pelo placar de 3 sets a 2, com parciais de 6/7 (7/9), 6/4, 3/6, 7/6 (7/2) e 6/4. O 11º cabeça de chave enfrentará na terceira rodada o sérvio Dusan Lajovic.

Outro favorito da torcida, Jack Sock foi eliminado de forma precoce. O 18º pré-classificado caiu diante do georgiano Nikoloz Basilashvili por 4/6, 6/3, 6/2 e 7/6 (7/3). Basilashvili enfrentará o argentino Guido Pella.

Aposta da nova geração, o canadense Denis Shapovalov confirmou a boa fase ao despachar nesta quarta o italiano Andreas Seppi por 6/4, 4/6, 5/7, 7/6 (7/2) e 6/4. O 28º cabeça de chave vai encarar agora o sul-africano Kevin Anderson, atual vice-campeão de Wimbledon.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.