Lukas Coch/EFE
Lukas Coch/EFE

Nadal bate argentino e vai à 3ª rodada na Austrália; Soares vence na estreia

Espanhol agora encara o compatriota Pablo Carreño Busta, seu parceiro de equipe na Copa Davis

Redação, Estadão Conteúdo

23 de janeiro de 2020 | 10h14

Ainda sem exibir o seu melhor tênis neste Aberto da Austrália, Rafael Nadal venceu bem nesta quinta-feira e avançou à terceira rodada. Atual número 1 do mundo, o tenista espanhol derrotou o argentino Federico Delbonis por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 7/6 (7/4) e 6/1, em 2h30min.

Nadal fez boa exibição nesta quinta, principalmente no serviço, mas enfrentou maior dificuldade do que o esperado diante de Delbonis, 76º do ranking. Tanto que só faturou três quebras de saque em toda a partida, em 20 oportunidades. Ao mesmo tempo, não teve o serviço sob ameaça em nenhum momento do duelo.

Consistente no serviço, o espanhol disparou oito aces e acertou 85% dos pontos quando jogou com o primeiro saque. Ele acertou ainda 33 bolas vencedoras, contra 22 do argentino. E cometeu 29 erros não forçados, diante de 43 do adversário.

Na terceira rodada, Nadal encontrará um amigo. Será o compatriota Pablo Carreño Busta, seu parceiro de equipe na Copa Davis e na ATP Cup. O espanhol avançou nesta quinta ao derrotar o alemão Peter Gojowczyk por 3 a 1, com parciais 6/4, 6/1, 1/6 e 6/4. Será o quinto confronto entre os dois tenistas da Espanha no circuito. Nadal venceu os quatro anteriores.

Se confirmar o favoritismo, Nadal poderá cruzar nas oitavas de final com o local Nick Kyrgios, contra quem vem nutrindo forte rivalidade nas últimas temporadas, em razão dos bons jogos e também das conhecidas declarações polêmicas do rival. Nesta quinta, o tenista da casa avançou à terceira rodada ao superar o francês Gilles Simon por 6/2, 6/4, 4/6 e 7/5.

O próximo adversário de Kyrgios será o russo Karen Khachanov. O 16º cabeça de chave sofreu nesta quinta para superar o sueco Mikael Ymer em cinco sets: 6/2, 2/6, 6/4, 3/6 e 7/6 (10/8).

MEDVEDEV E THIEM AVANÇAM

Entre os tenistas da nova geração com mais chances de título, o russo Daniil Medvedev e o austríaco Dominic Thiem também se garantiram na terceira rodada. O tenista da Rússia, número quatro do mundo, foi quem sofreu menos em quadra. Bateu o espanhol Pedro Martínez por 7/5, 6/1 e 6/3. Na sequência, o atual vice-campeão do US Open vai duelar com o local Alexei Popyrin, que superou nesta quinta o espanhol Jaume Munar por 6/2, 7/6 (7/5) e 6/2.

Thiem, por sua vez, sofreu mais do que o esperado. O quinto melhor tenista do mundo precisou de cinco sets para superar outro tenista da casa, Alex Bolt, por 6/2, 5/7, 6/7 (5/7), 6/1 e 6/2. Seu próximo adversário será o norte-americano Taylor Fritz (29º cabeça de chave), algoz do sul-africano Kevin Anderson por 4/6, 6/7 (5/7), 7/6 (7/4), 6/2 e 6/2.

Correndo por fora entre os mais jovens, o alemão Alexander Zverev avançou em três sets. Ele aplicou 7/6 (7/5), 6/4 e 7/5 no bielo-russo Egor Gerasimov. O número sete do mundo duelará com o espanhol Fernando Verdasco, que avançou ao desbancar o georgiano Nikoloz Basilashvili (26º) por 4/6, 7/6 (7/5), 6/4 e 6/4.

Também avançaram o francês Gael Monfils (10º), o belga David Goffin (11º), o suíço Stan Wawrinka (15º), o russo Andrey Rublev (17º), o norte-americano John Isner (19º) e o letão Ernests Gulbis.

SOARES VENCE NA ESTREIA

O brasileiro Bruno Soares venceu na estreia na chave de duplas masculina. Ele e o croata Mate Pavic, que formam a parceria cabeça de chave número dez, derrotaram o britânico Luke Bambridge e o japonês Ben McLachlan por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/5, em 1h49min.

Na segunda rodada, brasileiro e croata vão enfrentar o indiano Divij Sharan e o neozelandês Artem Sitak, que avançaram ao superar o português João Sousa e o espanhol Pablo Carreño Busta por 6/4 e 7/5.

Já Marcelo Demoliner foi eliminado logo em sua estreia. Ele e o holandês Matwe Middelkoop sofreram uma dura virada para os norte-americanos Tennys Sandgren e Jackson Withrow por 4/6, 7/6 (7/4) e 7/6 (10/8).

As estreias de Marcelo Melo e Luisa Stefani foram adiadas em razão da chuva. Melo, jogando ao lado do seu parceiro de costume, o polonês Lukasz Kubot, enfrentará os argentinos Guillermo Duran e Diego Schwartzman na madrugada desta sexta-feira, por volta das 3 horas (horário de Brasília). Inicialmente, o jogo estava marcado para esta quinta.

Luisa Stefani, por sua vez, enfrentaria as chinesas Yingying Duan e Saisai Zheng nesta quinta. As asiáticas foram a dupla cabeça de chave número nove do torneio. A brasileira jogará ao lado da norte-americana Hayley Carter. O jogo está marcado para as 22h30 desta quinta, pelo horário de Brasília (manhã de sexta, na hora local).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.