Eric Gaillard/ Reuters
Eric Gaillard/ Reuters

Nadal bate compatriota, leva décimo título em Montecarlo e o 70º da carreira

Espanhol vence Albert Ramos Viñolas e conquista o título do torneio monegasco

Estadão Conteúdo

23 de abril de 2017 | 11h50

Rafael Nadal não teve dificuldade para fazer história neste domingo no Masters 1000 de Montecarlo. O número 7 do mundo superou com facilidade Albert Ramos Viñolas, o 24º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3, em uma final espanhola, para conquistar pela décima vez o título do torneio monegasco, além de ter sido campeão pela 70ª vez na sua carreira.

Este também foi o primeiro título de Nadal nesta temporada, sendo que ele havia perdido três finais em 2017, duas delas para o suíço Roger Federer, no Aberto da Austrália e no Masters 1000 de Miami - o outro revés foi no Torneio de Acapulco, para o norte-americano Sam Querrey.

Nadal enfrentou pouca oposição para se tornar o primeiro tenista a ganhar dez vezes o mesmo torneio na Era Aberta do Tênis, e também o primeiro a chegar aos 50 títulos no saibro - ele estava empatado na terra batida com o argentino Guillermo Vilas. A única final que Nadal perdeu em Montecarlo foi para Novak Djokovic em 2013.

Dessa vez, porém, Ramos, que havia perdido os dois duelos anteriores para Nadal, ambos em Barcelona e definidos em dois sets, nunca pareceu ser uma ameaça. Disputando sua primeira final de Masters 1000, o número 24 do mundo salvou três break points no primeiro game de serviço, o segundo do jogo. No quarto, ficou abaixo em 0/40 e perdeu o seu saque. Não venceu sequer mais um game no primeiro set e viu Nadal fechar a parcial após 30 minutos com um ace.

O segundo set da final foi um pouco mais equilibrado, com Nadal conseguindo a sua primeira quebra de saque no quinto game. Ramos recebeu aplausos do público ao ganhar o seu saque sem levar pontos no sétimo, mas sucumbiu no nono e nunca teve chances reais de faturar o segundo título da sua carreira neste domingo, ainda mais tendo do outro lado da quadra o Rei do Saibro.

O 29º título de Masters 1000 de Nadal o deixa um atrás do recorde de Djokovic. Agora, na próxima semana, ela vai buscar a sua décima conquista do Torneio de Barcelona, onde havia faturado o seu último troféu no ano passado, até ser campeão novamente em Montecarlo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.