Naseem Zeitoon/Reuters
Naseem Zeitoon/Reuters

Nadal bate holandês e vai às quartas de final no Torneio de Doha

Espanhol passa por Robin Haase; Bruno Soares ganha nas duplas

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2016 | 16h45

Poucas horas depois de Novak Djokovic assegurar classificação às quartas de final do Torneio de Doha, Rafael Nadal se garantiu na mesma fase do ATP 250 realizado no Catar ao bater o holandês Robin Haase por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, nesta quarta-feira.

Com o resultado, o tenista espanhol justificou a sua condição de segundo cabeça de chave da competição e se credenciou para encarar na próxima fase o russo Andrey Kuznetsov, que horas mais cedo eliminou o lituano Ricardas Berankis por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/1) e 6/1.

Atual quinto colocado do ranking mundial, Nadal precisou de apenas 1h05min para despachar Haase, hoje 66º da ATP. Além de confirmar todos os seus saques, o espanhol converteu três de seis break points e assim não deu chances ao holandês.

Nadal usa o Torneio de Doha como preparação para o Aberto da Austrália, Grand Slam que começa no próximo dia 18, assim como acontece com Tomas Berdych. Terceiro cabeça de chave, o checo também foi às quartas de final em Doha nesta quarta-feira ao atropelar o bósnio Damir Dzumhur por 6/0 e 6/2. Assim, Berdych avançou para encarar o britânico Kyle Edmund, que superou o espanhol Daniel Muñoz por 2 sets a 1, de virada, com 5/7, 6/3 e 7/6 (7/3).

DUPLAS

Bruno Soares assegurou lugar na semifinal da chaves de duplas de Doha em outro jogo disputado nesta quarta-feira. Atuando ao lado do britânico Jamie Murray, o brasileiro superou os franceses Jeremy Chardy e Paul-Henri Mathieu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/4.

Com a vitória, os cabeças de chave número 2 do torneio se credenciaram para pegar em uma das semifinais os espanhóis Feliciano López e Marc López, que nas quartas de final passaram pelo italiano Simone Bolelli e o ucraniano Sergiy Stakhovsky por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (3/10) e 10/6.

COPA HOPMAN

Outro tenista de destaque que esteve em ação em um jogo de duplas nesta quarta foi Andy Murray. Atual vice-líder do ranking de simples e irmão de Jamie Murray, o escocês e Heather Watson foram derrotados pelos australianos Nick Kyrgios e Daria Gavrilova por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (0/7) e 11/9, pela Copa Hopman.

O resultado fez o time Austrália Verde fechar com vitória por 2 a 1 o confronto do dia com a Grã-Bretanha na competição entre países que conta com a participação de homens e mulheres e que também serve de preparação para o primeiro Grand Slam do ano.

Antes desta partida de duplas mistas, Murray havia sido surpreendido por Kyrgios em um duelo de simples nesta quarta. Em seguida, Watson passou por Gavrilova por 2 sets a 1, de virada, com 6/7 (2/7), 6/2 e 7/5, então empatando o duelo para os britânicos.

A derrota para os australianos também fez a Grã-Bretanha passar a dividir a vice-liderança do Grupo B da Copa Hopman com a Alemanha, ambas nações com uma vitória e uma derrota cada uma em confrontos realizados até aqui. Já a Austrália Verde lidera a chave com dois triunfos em dois duelos, enquanto a França está na lanterna, com duas derrotas em dois confrontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.