Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Nadal bate surpresa alemã, vai à semifinal e segue rota por 12ª taça em Barcelona

Ídolo da torcida da casa desta vez despachou Jan-Lennard Struff, que ocupa a 51ª posição do ranking mundial

Redação, Estadão Conteúdo

26 de abril de 2019 | 14h34

Onze vezes campeão do Torneio de Barcelona, Rafael Nadal voltou a confirmar favoritismo ao vencer o alemão Jan-Lennard Struff por 2 sets a 0, com duplo 7/5, nesta sexta-feira, e garantir vaga nas semifinais desta edição do ATP 500 realizado em quadras de saibro na Espanha.

O grande ídolo da torcida da casa desta vez despachou um tenista que ocupa a 51ª posição do ranking mundial e anteriormente havia surpreendido ao eliminar em sua campanha o belga David Goffin e o grego Stefanos Tsitsipas, respectivos décimo e quinto cabeças de chave da competição.

Hoje na vice-liderança da ATP, o espanhol assim se credenciou para enfrentar na próxima fase, neste sábado, o ganhador do duelo entre o austríaco Dominic Thiem e o argentino Guido Pella, programado para ser encerrado também nesta sexta na Catalunha.

Eliminado de maneira surpreendente pelo italiano Fabio Fognini nas semifinais do Masters 1000 de Montecarlo, na semana passada, Nadal se mantém na rota de seu 12º título do Torneio de Barcelona, onde anteriormente ergueu a taça em 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2011, 2012, 2013, 2016, 2017 e 2018.

Cabeça de chave número 1 desta edição da competição, Nadal almeja também o seu 81º troféu de simples de sua carreira para começar a engrenar nesta temporada de saibro, que visa principalmente o Grand Slam de Roland Garros, marcado para ocorrer entre os dias 26 de maio e 9 de junho, em Paris. Assim como ocorre neste evento catalão, ele ostenta 11 títulos do importante torneio na capital francesa.

Para se garantir nas semifinais deste sábado, o espanhol aproveitou três de sete chances de quebrar o saque de Struff, que converteu um de dois break points cedidos pelo seu rival e acabou sendo liquidado após 1h43min de duelo.

O outro duelo da semifinal da chave de simples em Barcelona já foi definido nesta sexta-feira. O japonês Kei Nishikori, quarto pré-classificado, vai encarar o russo Daniil Medvedev, o sétimo na lista de favoritos. O tenista asiático avançou ao eliminar o espanhol Roberto Carballes com parciais de 6/4 e 7/5, enquanto o jogador da Rússia derrotou o chileno Nicolas Jarry por 6/3 e 6/4.

DUPLAS

Em outra partida disputada nesta sexta, o sul-africano Raven Klaasen e o britânico Joe Salisbury se garantiram como rivais do brasileiro Bruno Soares e o também britânico Jamie Murray nas semifinais do torneio de duplas em Barcelona. Eles superaram nas quartas de final a parceria formada pelo austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (10/8) e 7/6 (7/4).

Cabeças de chave número 2 da competição, Soares e Murray haviam assegurado vaga nas semifinais na última quinta-feira, quando venceram o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau por duplo 6/3. No mesmo dia, o brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot, principais pré-classificados do evento, acabaram sendo eliminados pelos espanhóis Pablo Carreño Busta e Feliciano López ao caírem por 6/3 e 7/5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.