Nadal coroa volta ao circuito com tricampeonato em Indian Wells

Espanhol vence o argentino Juan Martín del Potro por 2 sets a 1, de virada

AE, Agência Estado

17 de março de 2013 | 21h33

INDIAN WELLS - Rafael Nadal coroou em grande estilo, neste domingo, a sua volta ao tênis. Em sua quarta final seguida desde quando retornou ao circuito profissional após sete meses de afastamento por causa de uma lesão no joelho, o tenista espanhol venceu o argentino Juan Martín del Potro por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/4, e faturou pela terceira vez em sua carreira o título do Masters 1.000 de Indian Wells.

Campeão da importante competição norte-americana também em 2007 e 2009, Nadal alcançou um saboroso tricampeonato neste domingo, pois este foi o seu primeiro torneio em quadra dura - que exige mais de seu joelho do que o saibro - neste seu retorno. Anteriormente, atuando em seu piso predileto, ele foi vice-campeão em Viña del Mar, faturou o Brasil Open e depois o Torneio de Acapulco.

Nadal também agora contabiliza 53 títulos em sua carreira, sendo este o 22.º de um Master do circuito profissional. Para completar, ele irá recuperar nesta segunda-feira a quarta posição do ranking mundial, que estava nas mãos do seu compatriota David Ferrer.

Nadal obteve neste domingo o seu oitavo triunfo em 11 confrontos diante de Del Potro, que deu muito trabalho ao espanhol, depois de ter eliminado ninguém menos do que o sérvio Novak Djokovic, o tenista número 1 do mundo, na semifinal em Indian Wells.

Nadal começou o jogo melhor do que Del Potro, conseguindo uma quebra de saque e abrindo 2 a 0 logo de cara. Porém, o argentino reagiu, devolveu a quebra e converteu um novo break point para assegurar a vantagem de 6/4.

No segundo set, porém, foi a vez de Nadal obter duas quebras em cinco chances, contra apenas uma de Del Potro em uma única oportunidade, para fazer 6/3 e empatar o confronto.

Já na derradeira parcial, o argentino vendeu caro a derrota, salvando seis de sete break points, mas a única quebra obtida pelo espanhol foi suficiente para assegurar a vantagem mínima de 6/4 e o título, após duas horas e 29 minutos de batalha em Indian Wells.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.