Ettore Ferrari / EFE
Ettore Ferrari / EFE

Nadal dá troco em canadense e vai às quartas em Roma; Del Potro desiste por lesão

David Goffin bate del Potro e pode pegar Zverev no próximo confronto

Estadão Conteúdo

17 Maio 2018 | 13h02

Surpreendido pela revelação canadense Denis Shapovalov no Masters de Montreal do ano passado, Rafael Nadal deu o troco no adversário nesta quinta-feira ao vencê-lo por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, e garantiu classificação às quartas de final do Masters 1000 de Roma.

+ Zverev, Cilic e Del Potro avançam no Masters de Roma

+ Keys desiste de Roma, Halep avança às quartas por W.O. e garante ponta do ranking

Cabeça de chave número 1 da importante competição realizada em piso de saibro na capital italiana, o tenista espanhol avançou para enfrentar na próxima fase a estrela local Fabio Fognini, 21º colocado da ATP, que horas mais cedo derrotou o alemão Peter Gojowczyk por duplo 6/4.

Atual vice-líder do ranking mundial, Nadal já foi campeão por sete vezes em Roma, mas não consegue faturar desde 2013 o título deste torneio de preparação para Roland Garros, que começa no próximo dia 27, em Paris, onde ele buscará um histórico 11º troféu do Grand Slam francês e defenderá a condição de atual campeão.

No ano passado, Nadal sofreu uma derrota de virada para Shapovalov nas oitavas de final do Masters de Montreal, em duelo realizado em quadra dura. Desta vez, porém, o espanhol fez valer com tranquilidade o seu favoritismo no saibro. Sem ter o saque quebrado por nenhuma vez no duelo desta quinta, ele converteu quatro de 13 break points para liquidar o atual 29º colocado da ATP, de apenas 19 anos, em 1h22min.

Essa será a 14ª vez que Nadal enfrentará Fognini, batido em dez dos 13 confrontos entre os dois. Apenas em 2017, o italiano foi superado por três vezes pelo adversário, nos Masters 1000 de Xangai, Miami e Madri, este último também em piso de saibro.

DEL POTRO CAI

Outra grande atração em Roma, o argentino Juan Martín del Potro acabou sendo eliminado nas oitavas de final ao desistir do duelo que travava com o belga David Goffin quando vencia o segundo set por 5/4. O atual sexto colocado do ranking mundial começou a acusar dores na perna esquerda no início da segunda parcial e abandonou o confronto, no qual já havia sido batido por 6/2 no set inicial.

Assim, o hoje décimo tenista da ATP se garantiu nas quartas de final e se credenciou para enfrentar nesta sexta-feira o ganhador da partida entre o alemão Alexander Zverev e o britânico Kyle Edmund, também prevista para acabar nesta quinta.

Se Del Potro não conseguiu justificar o seu favoritismo, o croata Marin Cilic fez valer a condição de atual quinto tenista do ranking mundial ao vencer o francês Benoit Paire por 6/3 e 6/4. Assim, avançou para encarar nas quartas de final o espanhol Pablo Carreño Busta, 10º cabeça de chave, que superou o esloveno Aljaz Bedene com parciais de 6/4, 6/7 (3/7) e 6/2.

Mais conteúdo sobre:
tênis Rafael Nadal Denis Shapovalov

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.