Nadal derrota novamente Ferrer e conquista o título

Rafael Nadal começou dominando mais uma temporada europeia em quadras de saibro, aumentando a sua incrível galeria de feitos na história do tênis mundial. Ele conquistou neste domingo o título do Torneio de Barcelona, ao ganhar a final espanhola contra David Ferrer, de quem já tinha vencido, na última semana, na decisão do Masters 1000 de Montecarlo.

AE, Agência Estado

24 de abril de 2011 | 13h25

Assim como tinha acontecido no último domingo em Montecarlo, Nadal derrotou Ferrer por 2 sets a 0 na final em Barcelona. Dessa vez, as parciais foram de 6/2 e 6/4, em 1 hora e 49 minutos de jogo, comprovando a superioridade do número 1 do mundo na temporada europeia do saibro - ganhou os dois torneios que disputou -, que vai até Roland Garros, no final de maio.

Foi o sexto título de Nadal em Barcelona, repetindo os feitos de 2005, 2006, 2007, 2008 e 2009 - não jogou no ano passado. Nesta temporada, ele já foi campeão duas vezes, incluindo Montecarlo, o que totaliza 45 troféus conquistados no circuito mundial. Para completar, o tenista de 24 anos ultrapassou a marca de 500 vitórias na carreira (agora são 501, em 606 jogos).

Atualmente em sexto lugar no ranking mundial, Ferrer teve a chance neste domingo de conseguir uma revanche após a derrota na final do Masters de Montecarlo. Mas ele foi dominado e acabou perdendo novamente para Nadal, aumentando o seu retrospecto negativo no histórico do confronto com o compatriota: agora são 13 derrotas em 17 jogos disputados entre eles.

"É incrível voltar a Barcelona. Foi uma decisão difícil (não ter disputado o torneio no ano passado), mas é muito bom voltar. Estou muito feliz pela vitória e pelo sexto título conquistado", disse Nadal. Ele ainda elogiou Ferrer, que também foi o seu adversário na final do torneio em 2008 e 2009. "Lamento por David, que está fazendo uma temporada fantástica."

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de BarcelonaNadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.