Nadal diz que recuperou a força mental

O espanhol Rafael Nadal disse que recuperou sua estabilidade mental após um ano complicado para o ex-número um do mundo.

REUTERS

10 de agosto de 2015 | 14h30

O tenista de 29 anos chegou ao Canadá na semana passada para o início dos torneios em quadras duras na América do Norte após conquistar seu terceiro título do ano, em Hamburgo. Ele espera agora ratificar esse equilíbrio ao tentar o quarto título da Copa Rogers.

"A questão é sempre sobre a adaptação de seu tênis", disse Nadal, derrotado por Dustin Brown na segunda rodada em Wimbledon, ao site da ATP sobre os desafios nas próximas semanas até o Aberto dos EUA.

"Hamburgo foi uma semana positiva para mim. Mentalmente, eu estive estável durante toda a semana, algo que eu não consegui fazer por muitas vezes nesta temporada."

"Meus poderes mentais estavam oscilando e em Hamburgo esse não foi o caso e eu trabalhei bem", completou.

O bicampeão do Aberto dos EUA Nadal, sétimo cabeça-de-chave, pode enfrentar nas quartas de final em Montreal o número quatro do mundo Kei Nishikori, que abriu a temporada de quadra dura com o título em Washington no fim de semana.

(Reportagem de Martyn Herman)

Tudo o que sabemos sobre:
TENISNADALFORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.