Nadal é campeão em jogo de 5h14

No mais difícil jogo até agora em sua carreira, o jovem Rafael Nadal, de apenas 18 anos, conquistou o título do Masters Series de Roma, ao derrotar o argentino Guillermo Coria por 6/4, 3/6, 6/3, 4/6 e 7/6 (8/6), em 5h14min, num dos jogos mais longos da história (O jogo mais longo da história do tênis, desde a introdução do tie break, foi o ano passado em Roland Garros, na vitória de Fabrice Santoro sobre Arnaud Clement, com 6h33 de duração). Este foi o terceiro título consecutivo da maior revelação espanhola dos últimos tempos, depois de ter ganho os troféus de Barcelona e Montecarlo, colocando-se como grande favorito para Roland Garros, que começa dia 23 em Paris. "Esta foi a vitória mais difícil da minha vida", disse Rafael Nadal."Não fosse pelo apoio da torcida, não sei se teria condições de vencer esta partida, acho que o incentivo do público evitou que perdesse por 6 a 2 no quinto set." A vitória de Nadal teve mesmo tons épicos. O tenista espanhol sofreu com machucados na mão e teve muitas dificuldades para jogar. Ainda assim reuniu forças suficientes para conquistar o 5.º título do ano, depois do Brasil Open, na Costa do Sauípe, de Acapulco, Barcelona, Montecarlo e Roma, sem contar ainda a final do Masters Series de Miami. Nadal iguala-se a um dos maiores nomes do tênis, Andre Agassi, que também com 18 anos, em 1988, ganhou cinco troféus numa mesma temporada. A final de Roma passa a a ser a mais longa de torneios da ATP, superando as 4 horas de duração da final do Torneio Olímpico de Atenas, vencida por Nicolas Massu, diante de Mardy Fish. Mas, em torneios do Grand Slam, a partida de Arnauld Clement e Frabrice Santoro, ano passado em Roland Garros, teve 4h24, superando as 4h18 de Mats Wilander e Ivan Lendl. Grande volta - A belga Justine Henin-Hardenne faz uma das voltas mais sensacionais ao tênis. Depois de sofrer por mais de um ano com problemas de saúde, ela conquistou o terceiro título de 2005 ao vencer a final do WTA Tour de Berlim, ao ganhar na final de Nadia Petrova por 6/3, 4/6 e 6/3. Henin-Hardenne já ganhou este anos os troféus de Varsóvia e Charleston.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.