Nadal e Davydenko fazem a final do Masters de Xangai

O espanhol Rafael Nadal se credenciou na madrugada deste sábado para disputar a final do Masters 1000 de Xangai. Na decisão da competição chinesa, o número 2 do mundo encontrará o russo Nikolay Davydenko, que vem embalado pelo título no Torneio de Kuala Lumpur, na Malásia. Para avançar além das semifinais, Nadal contou com mais uma desistência.

AE, Agencia Estado

17 de outubro de 2009 | 11h17

Depois de passar pelas quartas com o abandono do croata Ivan Ljubicic, Nadal viu novamente um adversário desistir da partida por contusão. Desta vez, uma lesão no tornozelo provocou a derrota do também espanhol Feliciano López, que se tornou o nono caso de desistência em Xangai. Após 50 minutos, López abandonou quando já havia perdido o primeiro set por 6/1 e era derrotado por 3/0 na segunda parcial.

Assim, o vice-líder do ranking mundial chega descansado para encarar Davydenko, que enfrentou uma batalha pelas semifinais. O número 8 do mundo precisou de 3h02 para vencer o sérvio Novak Djokovic, que vinha confiante pelo título no Torneio de Pequim. No fim, Davydenko triunfou sobre o quatro colocado da ATP por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 6/4 e 7/6 (7/1).

Nas quadras duras de Xangai, Nadal vai em busca de seu 16.º título em torneios Masters 1000, podendo igualar o número de conquistas do suíço Roger Federer, atual número 1 do mundo. Neste ano, o espanhol já venceu os Masters de Monte Carlo, Roma e Indian Wells. Já Davydenko quer o seu terceiro título deste porte. No histórico dos confrontos diretos, Nadal leva vantagem: 4 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.