Nadal é eliminado em Xangai; Federer avança

Rafael Nadal, o tenista número um do mundo e primeiro cabeça-de-chave do Masters de Xangai, foi eliminado nesta quinta-feira nas oitavas-de-final pelo austríaco Jurgen Melzer, enquanto Roger Federer e Novak Djokovic seguem na competição.

PETER SIM, REUTERS

14 de outubro de 2010 | 16h35

O espanhol deu sinais de cansaço e despediu-se das quadras duras da China com uma derrota por 6-1, 3-6 e 6-3 diante do pré-classificado número 13 do torneio.

Nadal, que no domingo conquistou o Aberto de Tóquio e estava jogando seu terceiro campeonato consecutivo, nunca antes tinha perdido um set para Melzer em seus três jogos anteriores.

O público ficou surpreso não só com a derrota do número um, mas também pela forma que aconteceu. Nadal teve seu serviço quebrado duas vezes na primeira parcial, e cometeu muitos erros não forçados.

"Isso não é uma surpresa para mim. Não joguei bem. Me senti lento na quadra e cometi mais erros que o normal", admitiu Nadal a jornalistas. "Estou um pouco mais cansado que o normal, física e mentalmente. Não se pode ganhar todas as semanas."

Por outro lado, Federer e Djokovic confirmaram o status de favoritos e venceram seus jogos pela terceira rodada.

O sérvio Djokovic, segundo pré-classificado, deu um grande passo rumo ao bicampeonato na China com uma vitória arrasadora por duplo 6-1 sobre o francês Richard Gasquet, enquanto Federer venceu o italiano Andreas Seppi por 6-3 e 6-4 e está nas quartas de final.

Tudo o que sabemos sobre:
TENISXANGAINADALPERDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.