David Gray/AFP
David Gray/AFP

Nadal e Federer ganham em sets diretos e se classificam às oitavas em Melbourne

Se continuarem avançado, dois dos principais tenistas do mundo podem se enfrentar nas semifinais

Redação, Estadão Conteúdo

18 de janeiro de 2019 | 09h17

Dois dos maiores favoritos ao título do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, já estão nas oitavas de final. Nesta sexta-feira, o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer, o atual campeão em Melbourne, venceram os seus jogos em sets diretos - 3 a 0 - e terão desafios mais complicados pela frente na luta por vaga nas quartas.

Número 2 do mundo e ainda com esperanças de terminar o Grand Slam como líder do ranking da ATP - precisa ser campeão e o sérvio Novak Djokovic não chegar às oitavas de final -, Nadal encarou pela terceira vez um tenista da casa. Contra Alex de Minaur, cabeça de chave 27, o espanhol só teve trabalho no terceiro set - parciais de 6/1, 6/2 e 6/4 -, quando o australiano se superou e chegou a salvar cinco match points no game final.

Seu próximo adversário tem até um ranking pior que De Minaur, mas promete dar muito trabalho. Trata-se do checo Tomas Berdych, que é um ex- Top 10 e atualmente está em 57.º lugar por ter passado por um período de lesões recentemente. Nesta sexta-feira, superou o argentino Diego Schwartzman, cabeça de chave 18, em uma virada por 3 sets a 1 - parciais de 5/7, 6/3, 7/5 e 6/4, após 3 horas de jogo.

Com dificuldades apenas no segundo set, Federer passou pelo norte-americano Taylor Fritz, de 21 anos, com as parciais de 6/2, 7/5 e 6/2. A partida foi a 100.ª do suíço na Rod Laver Arena, o principal estádio do Aberto da Austrália - são 97 vitórias e apenas três derrotas. Na história dos Grand Slams, o número 3 do mundo avança pela 63.ª vez às oitavas de final em 75 participações - em Melbourne são 17 classificações em 20 anos.

O próximo adversário de Federer promete ser casca grossa. Será o grego Stefanos Tsitsipas, um dos tenistas da nova geração, que nesta sexta-feira bateu o georgiano Nikoloz Basilashvili por 3 sets a 1 - com parciais de 6/3, 3/6, 7/6 (9/7) e 6/4. Com 20 anos, ele já é o 15.º colocado do ranking e no ano passado surpreendeu com vitórias importantes contra Tops 10, como Nadal.

Os dois nunca se enfrentaram pelo circuito profissional, mas recentemente duelaram pela Copa Hopman, tradicional torneio misto entre nações que abre a temporada, mas que não conta pontos para a ATP. O suíço levou a melhor em sets diretos, mas precisou de dois tie-breaks para superar rival.

OUTROS JOGOS

A rodada da chave masculina teve mais três partidas em Melbourne. No mesmo quadrante de Nadal, o búlgaro Grigor Dimitrov, 20.º pré-classificado, segue em boa fase e aplicou um 3 sets a 0 no italiano Thomas Fabbiano - com parciais de 7/6 (7/5), 6/4 e 6/4. Seu próximo rival será o norte-americano Frances Tiafoe, que bateu outro tenista da Itália, Andreas Seppi, por 3 a 2 - parciais de 6/7 (3/7), 6/3, 4/6, 6/4 e 6/3.

Por fim, o espanhol Roberto Bautista-Agut, cabeça 22 que eliminou o britânico Andy Murray na estreia, eliminou o russo Karen Khachanov, outro da nova geração do tênis e 10.º pré-classificado, por 3 sets a 0 - com parciais de 6/4, 7/5 e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Torcedores do PSG não querem mais Neymar em Paris
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.