Nadal explica ausência na equipe espanhola na Copa Davis

Tenista afirma que não defenderá a Espanha para poder descansar e se recuperar do excesso de jogos

30 de janeiro de 2008 | 17h35

O tenista Rafael Nadal explicou nesta quarta-feira que o cansaço o levou a desistir de disputar a eliminatória entre Espanha e Peru em Lima, pela primeira rodada da Copa Davis, de 8 a 10 de fevereiro. "Cheguei da Austrália com dez horas de fuso horário. Se ainda encarar uma viagem ao Peru, é complicado estar totalmente recuperado. É melhor que disputem aqueles que estão preparados, não me considero apto para este confronto", disse hoje o atual número dois do mundo à Rádio Marca. Nadal lembrou que esta é a primeira vez que ele não reforça a Espanha de forma voluntária, sem estar lesionado, e que sempre fez todo o possível para defender o país. O espanhol só deve voltar às quadras no torneio de Roterdã (Holanda), entre 18 e 24 de fevereiro, depois irá a Dubai e iniciará um giro pelos Estados Unidos, com os Masters Series de Indian Wells e Miami como principais objetivos.

Tudo o que sabemos sobre:
Rafael NadalCopa DavisATP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.