Nadal fará final de duplas no Chile com algozes de Sá

Classificado para as semifinais da chave de simples do Torneio de Viña de Mar, Rafael Nadal também faz boa campanha na disputa de duplas da competição chilena, que marca o seu retorno ao tênis. Após superar Daniel Gimeno-Traver, o número 5 do mundo voltou a entrar em quadra na noite de sexta-feira e se classificou para a decisão de duplas, ao lado do argentino Juan Monaco.

AE, Agência Estado

09 de fevereiro de 2013 | 09h29

Nadal e o tenista sul-americano superaram nas semifinais os argentinos Carlos Berlocq e Leonardo Mayer por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1 hora e 16 minutos, na partida que encerrou a programação noturna da sexta-feira nas quadras de saibro chilenas.

Assim, Nadal e Monaco se garantiram na decisão do Torneio de Viña del Mar com três vitórias e sem perder sequer um set. A final no ATP 250 chileno será a 12ª do espanhol em torneio de duplas. E ele buscará o seu nono título.

Os adversários de Nadal e Monaco na decisão do Torneio de Viña del Mar já estão definidos. Eles vão enfrentar os italianos Paolo Lorenzi e Potito Starace, que venceram o brasileiro André Sá e o russo Andrey Kuznetsov por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/3 e 11/9.

A final da chave de duplas do Torneio de Viña del Mar será disputada no domingo. Neste sábado, Nadal volta a entrar em quadra para disputar a semifinal da chave de simples contra o francês Jeremy Chardy, número 26 do mundo, que derrotou o italiano Paolo Lorenzi (6/3 e 6/2). A outra semifinal no Chile, também neste sábado, será disputada entre os argentinos Carlos Berlocq e Horacio Zeballos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.