Nadal faz novos exames para saber se joga Copa Davis

O tenista espanhol Rafael Nadal, número dois do mundo, se submeterá nesta terça-feira a novos testes médicos para definir sua presença na eliminatória da Copa Davis contra a Suíça. Após a derrota para o chileno Fernando González nas quartas-de-final do Aberto da Austrália, Nadal se submeteu a uma ressonância magnética na Espanha para saber sua real situação física. Segundo um comunicado, o resultado da ressonância reflete a existência de "uma lesão de sobrecarga em nível da inserção do glúteo médio da perna esquerda", mas novos exames serão feitos nesta terça para saber o grau da lesão. Em princípio, não há problemas para a participação de Nadal na primeira eliminatória do Grupo Mundial da Davis, mas a decisão definitiva só será tomada quarta-feira, uma vez anunciados os últimos resultados. Além disso, os exames foram enviados a Angel Ruiz-Cotorro, médico da Real Federação Espanhola de Tênis, para que realize uma segunda avaliação.Hewitt confirmado na equipe australianaLleyton Hewitt fará parte da equipe australiano que enfrentará a Bélgica, de 9 a 11 de fevereiro em Liège, no saibro indoor, pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis. O capitão da Austrália, John Fitzgerald, também chamou Chris Guccione, Peter Luczak e Paul Hanley para esta eliminatória. "Acho que Hewitt é o melhor jogador de Copa Davis dos últimos seis anos", disse o capitão australiano. A ausência de Wayne Arthurs, lesionado, pode obrigar Hewitt a jogar as partidas de simples e duplas. Arthurs é o habitual titular nas duplas, ao lado de Hanley. Guccione, de 21 anos é grande esperança do tênis australiano, e pode ser o número dois da equipe nas simples.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2007 | 12h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.